Antes de retirar sua assinatura da CPI da Afeam, Platiny leva esculacho público de Melo (ver vídeo)


Num evento em que poucos moradores de Rio Preto da Eva quiseram ir, mas teve a presença maciça da “escolinha do professor” governador José Melo, o deputado da base governista na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), PM Platiny Soares, levou um esculacho público de seu líder político. E o governador nem quis saber se seu aliado político não estava lá pra se defender, deu esculacho mesmo na ausência do deputado PM – a conversa nos bastidores é que o governador é acostumado a fazer isso com Platiny em qualquer lugar.

Segundo fonte do Radar, o motivo da avacalhação em praça pública é que o “professor” Melo teria ordenado que Platiny retirasse sua assinatura da CPI da Afeam, mas o deputado teria feito um monte de exigências para ser “convencido” a fazer isso. Já o outro parlamentar PM Cabo Maciel, foi menos resistente e, por isso, Melo se desfez em elogios públicos a ele.

Tornando a situação ainda mais vexatória, o governador fez uma analogia com um servidor público que está sendo avaliado por superiores em um cargo – estágio probatório – para avaliar o desempenho dos dois deputados de sua bancada, Maciel e Platiny. Segundo ele, “Maciel já passou por todas as etapas (na Assembleia Legislativa”, do estágio probatório, a mestrado e doutorado“, enquanto que Platiny – de quem Melo nem cita o nome -, ainda nem passou pelo “estágio probatório para merecer um pronunciamento público” – ver vídeo no final da matéria.

Mas, contam interlocutores do Radar, que a bronca de Melo com as tais “exigências” de Platiny para retirar sua assinatura, não pararam no esculacho público. O governador chamou Platiny para uma reunião e ameaçou que iria determinar à sua assessoria jurídica desmembrar o processo em que os dois são réus por uso do aparelho policial do Estado nas eleições de 2014. “Quero ver tu te virar sozinho pra se defender”, teria dito Melo.

Na sessão plenária desta quinta-feira (16), Platiny ajudou a “enterrar” a CPI da Afeam, retirando sua assinatura, junto com seu companheiro de farda, Cabo Maciel. (Any Margareth)