Arrecadação de Coari atingiu R$ 257 milhões em 2013, o que daria para ter gasto R$ 3,3 mil com cada coariense


A tarefa de apurar as receitas arrecadadas pela Prefeitura de Coari não é nada fácil já que no site oficial tem uma seção do Portal da Transparência, mas nem de fato, nem de direito, ela existe. A seção funciona como um link que transporta o internauta para o site da Associação Amazonense de Municípios (AAM), onde você já deve imaginar a dificuldade para acessar dados contábeis de pouquíssimas prefeituras do interior do Estado, com uma linguagem que, mesmo quem tem algum conhecimento da área financeira, encontra dificuldade de entender. E ainda tem o fato de que as informações sobre a gestão financeira dessas prefeituras estão totalmente desatualizadas. Por isso mesmo, com a responsabilidade que o Radar tem com seus leitores levou-se 15 dias para apurar a arrecadação do município de Coari, contando com a ajuda de especialista na área de contas. O valor total da arrecadação de Coari, durante o ano de 2013, foi de R$ 257 milhões.

Para chegar a esse montante de receita levou-se em consideração a arrecadação mês a mês da Prefeitura de Coari, assim discriminada segundo o próprio site da AAM: janeiro/R$ 17 milhões, fevereiro/R$ 25,7 milhões, março/R$ 19,2 milhões, abril/R$ 24 milhões, maio/R$ 23,9 milhões, junho/R$ 20,7 milhões, julho/R$ 20,4 milhões, agosto/R$ 23,5 milhões, setembro/R$ 21,8 milhões – incluindo os recursos das chamadas “Transferências da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Naturais” (royalties do petróleo) que variaram de R$ 5, 5 milhões (a menor arrecadação correspondente ao mês de abril) e R$ 10,9 milhões (a maior arrecadação do mês de fevereiro).  Os valores da arrecadação dos meses de outubro, novembro e dezembro não foram encontrados nos documentos publicados no site da AAM. Então, utilizamos uma média a partir da arrecadação de janeiro a setembro, com um valor girando em torno de R$ 20 milhões para esses três últimos meses do ano.

Como você pode observar no documento publicado ao final da matéria, com os valores das receitas orçamentárias e extra orçamentárias (receitas não esperadas, mas arrecadadas), documento oficial da Prefeitura de Coari, a arrecadação acumulada pela Prefeitura de Coari até setembro foi de R$ 197,3 milhões, que somados a média calculada para os três últimos meses do ano, chega-se ao total de R$ 257 milhões.

Comparando

Esse valor de arrecadação do município de Coari (R$ 257 milhões), a segunda maior receita do Estado, perdendo apenas para a capital, Manaus, significa algo como o valor total do aumento de arrecadação do Estado de Sergipe (R$ 250 milhões), de janeiro a agosto do ano passado, com os dois principais impostos que geram receita para o Governo, o Fundo de Participação dos Estados (FPE) e o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O Governo de Sergipe comemorou o fato através de matérias na imprensa. Vale ressaltar que Sergipe tem 2 milhões de habitantes e Coari 77 mil – segundo Censo de 2010. Fazendo um cálculo simples, dividindo esses R$ 257 milhões arrecadados pela Prefeitura de Coari em 2013, pela população do município que é de 77 mil habitantes, daria para a administração municipal ter gasto R$ 3, 3 mil com cada coariense no ano passado (Any Margareth) 

Receita de Coari acumulada até Setembro de 2013