Atlético-PR perde, Cruzeiro e Grêmio goleiam na libertadores


ricardogoulart_cruzeiroO Cruzeiro se redimiu da derrota na estreia na Libertadores com uma bela atuação em casa. Goleou o Universidad de Chile por 5 a 1 no Mineirão, numa tarde inspirada de Ricardo Goulart , que marcou três vezes, e embolou o Grupo 5. Agora os quatro integrantes somam três pontos em duas partidas – na primeira, os mineiros perderam por 2 a 1 para o Real Garcilado, em partida martcada por atos racistas de torcedores peruanos contra Tinga. Os outros gols desta terça foram marcados por Dagoberto (com assistência de Goulart), Willian e Lorenzetti. Foram 27.757 pagantes (29.129 presentes), com renda de R$ 957.725.

O próximo adversário do Cruzeiro, que lidera a chave graças ao saldo de gols, será o uruguaio Defensor. O jogo será em Montevidéu, em 11 de março (uma terça-feira), às 19h. Real Garcilaso e Universidad de Chile se enfrentam no dia seguinte, no Peru.  Pelo estadual, a Raposa pega o Minas Futebol às 16h de sábado, novamente no Mineirão.

luan-gremioGrêmio

Luan mal tinha um ano de idade. Devia estar aninhado entre lençóis na noite de 30 de agosto de 1995, quando o Grêmio enfrentara pela última vez o Nacional de Medellín, conquista do bicampeonato da América. Mas, nesta terça-feira, na Arena, que sequer existia naquela época, Luan mostrou que cresceu. A ponto de ser capaz de devolver ao torcedor gremista – 33.640 presentes – o sentimento guardado há 19 anos, de que é possível pensar no tricampeonato. Está certo que é apenas o começo, não só da carreira de Luan como da 15ª participação tricolor na Libertadores. Mas o 3 a 0 em Porto Alegre, gols do jovem meia-atacante, de Ramiro e Alan Ruiz, não deixa de ser promissor. Afinal, combinada à vitória na estreia em Montevidéu, alça o time de Enderson Moreira à liderança isolada do Grupo 6, que ainda conta com o Nacional-URU e o Newell’s Old Boys.

fernadotobio_adrianoAtlético-PR

Adriano, ainda adquirindo sua melhor forma física, esteve dez minutos em campo. Conseguiu uma finalização para fora e pouco mais na segunda derrota do Atlético-PR na Libertadores – a primeira foi para o Sporting Cristal, na fase prévia. O time paranaense passou em branco no dia em que o Imperador completou dois anos sem marcar um gol e perdeu por 2 a 0 para o Vélez Sarsfield no estádio José Amalfitani, em Buenos Aires.

Os argentinos fizeram um excelente primeiro tempo e foram objetivos no segundo. Lideram o Grupo 1, com seis pontos. O Atlético-PR soma três pontos, assim como The Strongest, mas leva a pior no saldo de gols. O Universitario tem zero e é o próximo adversário dos brasileiros, em Lima, no dia 14 de março (uma sexta-feira). O Vélez vai a La Paz encarar o Strongest, no dia 11 de março.

Fonte: GE