Bosco quer posse dia 5, Abdala decidiu que é dia 10 de outubro. Deu confusão! (ver vídeo)


A sessão plenária da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) dessa quarta-feira (20), foi marcada por bate-boca entre o presidente em exercício da Casa, deputado Abdala Fraxe (Podemos) e o vice-governador eleito, deputado, Bosco Saraiva (PSDB). O motivo do entrevero entre os dois parlamentares trata-se de cinco dias de diferença entre a data da posse do governador tampão, Amazonino Mendes (PDT) defendida por Bosco Saraiva, 5 de outubro, e a escolhida pelo presidente da Casa, Abdala Fraxe, 10 de outubro.

Abdala comunicou durante a sessão plenária de hoje que, durante reunião da Mesa Diretora, realizada na última quinta-feira (14), ficou decidida a posse para esta data.

A decisão foi comunicada na sessão de hoje e causou revolta no vice-governador Bosco Saraiva (PSDB), que disse cobras e lagartos para Abdala. Bosco afirmou que Abdala teria se reunido com ele e deixado tudo acertado para a posse no dia 05. Ele disse ter sido pego de surpresa e que vai usar todos os meios legais para que a posse aconteça no dia 5 como foi anunciado antes.

“Eu não vi a Ata da reunião, não me comunicou estando eu diariamente na ALE. Vamos requerer na forma regimental que a posse seja no dia 5 dentro da normalidade. Esse não é um mandato interino, mas é aclamado pelo povo do Amazonas.

Já Abdala Fraxe, retrucou dizendo não entender a pressa medonha do vice-governador em tomar posse. Ele lembrou que existe um trâmite a ser seguido para a Assembleia Legislativa dar posse a todos os governadores que já foram eleitos, inclusive Amazonino Mendes. “E aqui nessa Casa Legislativa quem decide é a Mesa Diretora”, disse Abdala Fraxe, contrariando Bosco Saraiva. (Da equipe do Radar)