Com dois de Bernardo, Vasco goleia o Audax: 4 a 0


VascoDesta vez, o Vasco nem precisou de Montoya, que saiu machucado. Bernardo, seu substituto ainda durante o primeiro tempo, tratou de contribuir com dois gols em nova vitória elástica. A vítima foi o Audax na noite desta quarta-feira, em Volta Redonda. O placar de 4 a 0 (Edmílson e Leandro Camilo, contra, também marcaram) colocou o time na vice-liderança provisória da Taça Guanabara, com oito pontos, atrás do Flamengo (dez) e à frente da Cabofriense (sete), que ainda joga na rodada.

Agora, o Cruz-Maltino chega com moral para encarar o Botafogo, neste domingo, às 19h30m, no Maracanã, por ter balançado a rede dez vezes nos últimos dois compromissos (foram seis sobre o Friburguense). Já o Audax ocupa a zona de rebaixamento da competição, com apenas dois pontos, e tem pela frente o Madureira, sábado, às 17h. A equipe da Baixada Fluminense havia sofrido somente um gol em três rodadas até aqui.

Apesar da goleada, o torcedor vascaíno também teve o que lamentar. O presidente Roberto Dinamite confirmou, após a partida, que Juninho Pernambucano vai mesmo se aposentar. O ídolo vai dar uma entrevista coletiva na segunda-feira para falar sobre o assunto.

Bernardo, destaque do jogo, mostrou mais uma vez seu lado explosivo ao comemorar o segundo gol. Correu em direção à arquibancada e xingou e pediu silêncio para alguns torcedores. Depois, comentou:

– Nada demais. Torcedor tem direito de fazer o que ele achar melhor. Só desabafei junto com o treinador, e o mais importante foi a vitória.

O público pagante no Raulino de Oliveira foi de 2.358 pagantes (3.424 presentes) e com a renda de R$ 45.405.

botaBotafogo se complica na Libertadores

Na altitude de 2.800 metros em Quito, o Botafogo voltou a respirar os ares da Libertadores na noite desta quarta-feira, o que não acontecia desde 1996, quando disputou a competição pela última vez. Com atuação apagada no primeiro tempo e com ligeira melhora na etapa final, o Alvinegro foi derrotado por 1 a 0 pelo Deportivo, no Estádio Olímpíco Atahualpa, no Equador. Agora, na partida de volta, o Alvinegro precisa vencer por dois gols de diferença para avançar à fase de grupos. Em caso de repetição de placar, a decisão será nos pênaltis. Empate ou derrota por um gol de diferença a partir de 2 a 1 garante a vaga para os equatorianos.

O jogo de volta será na próxima quarta-feira, no Maracanã. Até agora, 14 mil ingressos foram vendidos. Antes, porém, o Botafogo enfrenta o Vasco, domingo, pelo Campeonato Carioca. O técnico Hungaro deve confirmar a equipe reserva.

Jorge Wagner, que levou perigo em algumas bolas paradas, lamentou o gol sofrido:

– Agora é tentar fazer os gols, infelizmente tomamos um. Sabíamos que sofreríamos pressão. Logo depois conseguimos tocar a bola e chegar no gol, mas agora é levantar a cabeça e ir para o segundo jogo.

O time que se classificar entra no Grupo 2, que já tem Independiente del Valle, também do Equador, Unión Española, do Chile, e San Lorenzo, da Argentina.

Fonte: GE