Conjunto Viver Melhor ganha Centro Municipal de Educação Infantil


Atendendo a crescente demanda da zona Norte, o prefeito Arthur Virgílio Neto inaugurou, nesta quinta-feira, 1° de junho, mais uma unidade educacional no Conjunto Viver Melhor, no bairro de Santa Etelvina. Com o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Professora Sofia Soeiro Nascimento, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) chega a sua quarta escola no habitacional, beneficiando aproximadamente quatro mil alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental.

De acordo com o prefeito, a previsão é de que, ainda no primeiro semestre de 2017, outros dois novos Cmeis deem início as suas atividades. “Basicamente, com os nossos recursos conseguimos alcançar 75% do atendimento às demandas por Educação Infantil, meta estabelecida pelo Ministério da Educação.  Com o Proemem, aprovado recentemente pelo Congresso Nacional, vamos avançar muito e ficar bem perto do nosso desejo de chegar aos 100%. Esses recursos, que vêm do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), serão destinados para a construção de sete novas creches, 11 Cmeis e 11 escolas do Ensino Fundamental”, afirmou Arthur Virgílio.

A nova unidade do Conjunto Viver Melhor contará com 12 salas de aula e terá capacidade para atender 480 alunos, distribuídos em 24 turmas, nos turnos matutino e vespertino. São 14 turmas para crianças do 1° período e outras 10 no 2° período da Educação Infantil.

“Com essa inauguração foi possível desafogar, em 57 vagas, a Escola Municipal Silvia Helena Bonetti, também no Conjunto Viver Melhor. Agora, os alunos do Ensino Fundamental, que estavam matriculados em outras unidades, poderão estudar mais perto de casa”, destacou a secretária da Semed, Kátia Schweickardt.

Quem mora na área, como Cristiane da Silva Lima, de 40 anos, diz que a escola abre novas possibilidades. “Com a minha filha na sala de aula eu fico muito mais tranquila para poder trabalhar. Foi a melhor coisa que aconteceu para a comunidade”, comentou a serviços gerais, que é mãe da Yasmin, de apenas quatro anos.

Novas unidades 

Nas próximas semanas, ainda na zona Norte, o Cmei Professora Suely Cruz de Pinho Pompeu entrará em funcionamento, beneficiando cerca de 350 alunos. Já no bairro Novo Israel, também entrará em funcionamento, até o primeiro semestre deste ano, o Cmei José Bento Monteiro Lobato, que tem capacidade de atendimento para 290 alunos da Educação Infantil.

Proemem

Serão investidos US$ 52 milhões, aproximadamente R$ 150 milhões, na execução do Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem). A autorização para contratar a operação de crédito foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), na edição do dia 19/5. Após a assinatura do contrato junto ao BID, a Semed terá cinco anos para a execução das metas estabelecidas pelo Proemem.

Das 29 unidades escolares previstas, 11 serão escolas municipais de Ensino Fundamental, que atenderão 13,8 mil alunos, 11 de Educação Infantil, com capacidade para 4,4 mil crianças e sete creches, que oferecerão 1,2 mil vagas.  As novas escolas possibilitarão à Prefeitura de Manaus a redução de prédios alugados para o funcionamento de unidades escolares e ofertarão no total, aproximadamente 20 mil vagas.

O Proemem também atua em outras duas vertentes. Uma é a pedagógica, voltada para trabalhar o reforço escolar e a correção de fluxo, para reduzir os índices de reprovação e de distorção idade-série. A terceira vertente está voltada para formação, tutoria e pós-graduação dos professores da secretaria.

Fotos: Alex Pazuello / Semcom