Coronel que será levado a júri popular pelo “Caso Fred” assume o comando do “Ronda no Bairro”


ronda-no-bairroFontes do Radar enviaram informação à redação que, em substituição ao Coronel Amadeu Soares, que assumirá a Secretaria de Segurança Pública de Roraima, seu estado de origem, o escolhido pelo Governo do Estado para secretário executivo Programa “Ronda no Bairro” é o coronel Raimundo Roosevelt da Conceição de Almeida Neves.  O novo comandante aguarda julgamento pelo Tribunal do Júri, junto com outro coronel e um soldado, após o juiz da 2ª Vara, Anésio Pinheiro, em 12 de julho do ano passado, acatar denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) por “homicídio qualificado mediante pagamento ou promessa de pagamento”.

Os crimes contra os quais eles foram pronunciados teriam sido praticados contra Fred Fernandes da Silva, a esposa dele, Maria da Conceição dos Santos da Silva, e o filho, Adônis dos Santos da Silva, respectivamente pais e irmão de Fred Júnior, acusado de assassinar Daniele Damasceno, em 2001, naquele que ficou conhecido como “Caso Fred”.  No mesmo ano da morte de Daniele, o pai do rapaz, após visitá-lo no presídio, foi morto. Ele estava em companhia da esposa e do filho menor, que sobreviveram. De acordo com a sentença do juiz do Tribunal do Júri, os acusados estariam envolvidos com um um grupo de extermínio composto, com o envolvimento de policiais militares.

De acordo  com a sentença de pronúncia dos réus, os acusados estariam envolvidos com um suposto grupo de extermínio, composto por policiais militares. Os três são acusados pelo crime de homicídio qualificado mediante “paga ou promessa de recompensa” e contra as vítimas Fred Fernandes da Silva, Maria da Conceição dos Santos da Silva e Adônis dos Santos da Silva.