Cultura na Copa: Amazonas terá mil eventos culturais com artistas locais


FESTIVAL AMAZONAS DE DANÇADentre as sedes da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, o Amazonas é o Estado com a maior programação cultural dirigida ao público local e turistas durante o torneio. O projeto a ser realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura é intitulado de Amazonas de Todas as Artes e está orçado em R$ 1,3 milhão.

No total, serão 1.200 eventos promovidos pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, entre os dias 1º de junho e 13 de julho em 20 espaços como praças, parques, museus, teatros, centros culturais, bibliotecas e outros administrados pelo órgão e que passarão a funcionar das 9h às 22h, diariamente.

A programação, divulgada pelo titular da Cultura nesta terça-feira (18), Robério Braga, contempla o público infantil, adulto e a família com 178 espetáculos teatrais (divididos entre Teatro História, Caboclo e Peças de Teatro), 47 espetáculos de dança moderna, folclórica, rituais indígenas e performances, 213 shows de música popular e erudita, 223 apresentações de cultura popular (capoeira, Hip Hop, Tambor de Crioula, Samba de Roda, Maculelê, Maracatu e Pastorinhas), 09 atividades circenses, 163 sessões de cinema, 12 sessões de literatura, 85 sessões de atividades infantis, dez exposições, oito jantares temáticos e 152 atividades diversas como a Estátua Viva, Lambe-Lambe, Caricaturas, Desenho a Lápis, Aquarela.

“Teremos uma média de 28 espetáculos diários com previsão inicial de gerar mais de 55 mil postos de trabalho diretos e indiretos apenas na área cultural em Manaus”, destaca o secretário Robério Braga ao ressaltar ainda que todos os eventos, espetáculos e demais atividades culturais promovidas pelo Governo do Estado durante a Copa do Mundo já fazem parte da programação anual da secretaria

“As únicas alterações na nossa agenda anual foram no Festival de Ópera, que foi prolongado por mais uma semana, no Festival de Jazz, que foi antecipado em outra semana e a inclusão de um grande show com artistas amazonenses. Os outros eventos todos já fazem parte da nossa programação”, explicou Robério.

Ele acrescentou ainda que todos os artistas participantes da programação cultural para a Copa são talentos locais, integrantes dos corpos artísticos do Estado (orquestras, corpo de dança e coral) ou selecionados nos editais específicos lançados pela Secretaria de Cultura.

FESTIVAIS

E, como se não bastasse, dois grandes festivais que já estão no calendário anual de eventos do Estado tiveram suas datas ajustadas para a programação cultural do Amazonas na Copa 2014. Um deles, o 18o Festival Amazonas de Ópera, que seguirá de abril  até a primeira semana de junho e o 9o Festival Amazonas Jazz, que será realizado em junho.

Paralelo a toda essa programação, acontecerá a 4a Mostra de Cultura Popular e o Festival Folclórico do Amazonas. E, claro, o maior evento de cultura popular do Brasil, o 49º Festival Folclórico de Parintins, que continuará a ser realizado no último fim de semana de junho.

“Tudo foi programado de forma que todos possam conhecer o talento da nossa gente e arte do nosso povo. Para que eles se encantem e voltem mais vezes ao Amazonas”, explica Robério Braga.

TUDO POR EDITAIS

É fundamental ressaltar que a formação da programação cultural da Secretaria de Estado da Cultura, por intermédio de seus espaços culturais e áreas sob sua responsabilidade, serão ocupadas por artistas, técnicos e produtores selecionados nos 10 editais públicos.

Os editais públicos determinam a contratação dos serviços, envolvendo a quantidade de eventos que precisam ser feitos, onde e quando, conforme os valores estipulados.

Para se ter ideia, entre os editais estará a contratação de empresa de show para produzir eventos de samba no lendário Cabaré Chinelo que, na história do Amazonas, também foi onde funcionou o Hotel Cassina na Manaus Belle Époque.

De acordo com o secretário Robério Braga, o espaço será limpo, terá exposição contando a história do prédio e se tornará local perfeito para performances de samba. “Vamos testar como fica para a programação cultural da Copa. Se der certo, o samba terá mais um local aberto para mostrar sua força e arte”, declarou.

Outro exemplo de edital será o de fotografia. “Nossa ideia é ter nos espaços culturais, o serviço de fotografia com figurino de época à disposição do público”, explicou Braga.

Para saber mais sobre os eventos, projetos, espetáculos e demais ações promovidas pela Secretaria de Estado de Cultura em Manaus e nos demais municípios do interior do Amazonas acesse facebook.com/culturadoamazonas.