David Almeida vai anunciar posição de “neutralidade” nas eleições suplementares, diz fonte do Radar


Daqui a pouquinho, às 15h, o governador do Amazonas, David Almeida vai dar uma entrevista coletiva. A primeira informação que vazou para o Radar é de que ele vai anunciar uma posição de “neutralidade” nas eleições suplementares do dia 6 de agosto. Traduzindo, David está fora da disputa eleitoral. Vai assistir de camarote e, ao final de tudo, dá posse ao novo governador e volta para ser presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Se confirmada essa decisão, essa será a primeira definição nesse jogo de xadrez em que as peças estão apresentando sintomas de embriaguez e os balões de ensaio em blogs, jornais, TVs e rádios, na mídia em geral, estão mais confundindo do que esclarecendo os leitores/eleitores.

É tanta nota “plantada”, tanto boato de bastidores e tanta notícia mentida e depois desmentida, na maior sem-cerimônia que até euzinha, com alguns aninhos de estrada nessa política baré, resolvi recolher as velas e assistir de camarote até onde vai esse samba do crioulo doido, que termina nas convenções que acontecem até a sexta-feira (16), definindo todos os nomes da disputa.

Bom… mas não resisto em contar que, a quentinha do dia é que o ex-governador Amazonino Mendes, provável candidato pelo PDT já definiu que seu vice será o ex-secretário de Educação do Amazonas e atual secretário de Educação Básica do Ministério da Educação (SEB-MEC), Rossieli Soares da Silva, filiado ao PSD, comandado pelo senador Omar Aziz. Sendo assim, isso confirma porque David Almeida não será candidato a nada: ele é do PSD e não tem o apoio de seu próprio partido para sair candidato, embora a bancada do PSD tenha se revoltado contra o cacique Omar, mas o “ganso” bateu o pé e disse “é o Negão”.

Notícia velha, mas ainda boa, é a de que o prefeito Arthur Neto (PSDB), segundo a revista Veja, é candidato a governador. E tem blogueiro insistindo na mesma história. Mas, peraí… o prefeito vai renunciar? E advinha quem seria o vice de Artur segundo as “candinhas” de plantão? Ninguém menos que o senador Eduardo Braga, do PMDB. Ué, mas o Braga não é candidato também? Pode, gente?

Marcelo Ramos (PR), que se assanhou todo para ser logo um dos primeiros candidatos, levou logo um “xiu” do presidente do PR, Alfredo Nascimento, e até agora está calado. Alfredo disse que quem decide é ele.

Quem já confirmou mesmo que é candidato é o vereador e filho do deputado estadual e ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB), Marcelo Serafim, do mesmo partido.
Também está definido que a jornalista Liliane Araújo vai encabeçar chapa puro-sangue pelo PPS, tendo como vice o cabo da Polícia Militar do Amazonas, Jeverson Vargas Lobo, o Cabo Lobo.

Também é candidato ao Governo- até quando Omar deixar – o deputado federal Silas Câmara com outro militar, o coronel PM Amadeu Soares, repetindo a dobradinha de 2016, quando eles disputaram a Prefeitura de Manaus.

Agora vou ali na coletiva do governador David e conto tudo para vocês daqui a pouco.