Desembargador Djalma Martins decreta prisão preventiva de Adail e mais cinco denunciados pelo MPE


Adail-pinheiro-presoO desembargador Djalma Martins acaba de decretar a prisão preventiva do prefeito de Coari, Adail Pinheiro acusado de chefiar uma rede de exploração sexual de crianças e adolescentes. O pedido de prisão preventiva foi feito nesta sexta-feira (07), na quinta denúncia contra o prefeito, entregue pelo Ministério Público do Estado ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Na primeira distribuição, o processo ficou ao encargo do desembargador Cláudio Roessing que por ser das Câmaras Cíveis, reencaminhou para as Câmaras Criminais, e a relatoria por sorteio ficou com o desembargador Djalma Martins da Costa. Também foi decretada a prisão preventiva de mais cinco pessoas denunciadas pelo MPE como integrantes da rede de exploração sexual de menores em Coari. (Any Magareth)