E ninguém vai falar dos nossos “Geddéis”?


A gente folheia um jornal e lá tá o amigo do “furacão Michel”, também chamado de Temer – por onde passa lasca tudo – , o ex-ministro Geddel Vieira e suas malas com R$ 51 milhões! Liga a televisão e lá vem de novo as malas de dinheiro do mala do Geddel. E ninguém aguenta mais essa visão do escárnio com a nossa cara praticado por essa gente.

Mas, euzinha tenho um sentimento contraditório sobre os milhões da corrupção que estão todos os dias nas páginas de jornais e nas telas da TV. Não consigo deixar de pensar que, nesses casos, é melhor sentir o escárnio do que a indiferença. No caso dos desvios de dinheiro da saúde pública do Amazonas dá mais que o dobro do dinheiro que estava nas malas do Geddel. E ninguém fala nada!

As pilantras e os canalhas que roubaram o direito à saúde e até a vida de milhares de cidadãos amazonenses já estão em liberdade, e ninguém fala nada. Mouhamad Mustafá que tripudiou da nossa cara, com seus brindes de Chandon, seus carros luxuosos e cachês milionários de cantores sertanejos e prostitutas de luxo, tudo pago com o dinheiro da saúde pública, está em liberdade, mas ninguém fala nada.

Os Ministérios Públicos Estadual e Federal até fizeram um ensaio de sua “total“ liberdade de se pronunciar em defesa das Leis e do povo do Amazonas, deixando subentendido o envolvimento de gente com foro privilegiado, como um ex-governador e toda sua família, mas ficou só no ensaio mesmo, depois se calou e ninguém falou mais nada, nem nas entrelinhas.

E, há poucos dias, surgiu notícia de delação premiada no Supremo Tribunal Federal (STF) que supostamente seria contra o dito ex-governador e agora senador da República e a corrupção no sistema de saúde pública do Estado, mas até o STF que não guarda sigilo de nadica de nada sequer da Lava Jato, ficou mudo quando se trata da roubalheira na saúde do Amazonas.

E aí, meu povo, só me resta fazer barulho e dizer pra essa gente que prefiro o escárnio que me revolta do que esse silêncio que me enoja. (Any Margareth)