Eduardo denuncia caos no Hospital Francisca Mendes


O Hospital Francisca Mendes está, há cinco dias, sem cirurgias cardíacas. A fila para o procedimento cirúrgico já chega a 850 pacientes adultos e 150 crianças. Os médicos plantonistas da UTI de pós-operatório estão com seus pagamentos atrasados desde março e os cirurgiões desde o mês de abril. Para piorar a situação, a central de ar condicionado do centro cirúrgico e UTI de pós-operatório não funcionam.

As denúncias foram feitas pelo candidato Eduardo Braga a pedidos de médicos e funcionários do Hospital Francisca Mendes que não suportam mais a situação caótica da unidade de saúde. Eduardo falou sobre o assunto na manhã desta sexta-feira (11/08), durante entrevista ao Portal do Holanda.

Eduardo aproveitou a denúncia dos servidores do Francisca Mendes para comentar o caos na saúde pública do estado do Amazonas. “Estivemos nesta madrugada na Policlínica Codajás e encontramos uma fila desumana, com amazonenses padecendo para conseguir uma consulta, um exame. Quando estávamos no governo a nossa população não sofria assim. O atendimento na saúde pública era humanizado”, lembrou.

O candidato reforçou o compromisso da coligação União pelo Amazonas em zerar a fila das cirurgias eletivas em 120 dias. “Também vamos abastecer todas as unidades de saúde com, pelo menos, cem medicamentos da cesta básica do SUS, além de fazer mutirões de cirurgias para normalizar a situação que hoje é calamitosa na saúde do Amazonas”, garantiu Eduardo.

Fotos: Divulgação

Assessoria de Comunicação

Esta matéria é de total responsabilidade do candidato