Em Coari, servidores revoltados tentam quebrar tudo por falta de pagamento dos salários


Servidores foram às ruas de Coari numa onda de protesto por causa do não pagamento de salários

Informações que acabaram de chegar ao Radar através de leitores de Coari é que os servidores da prefeitura estão nas ruas numa onda de protestos por falta de pagamento dos salários. Os manifestantes teriam tentando invadir a casa do prefeito, Raimundo Magalhães, mas a polícia impediu. A mesma situação teria ocorrido na casa e no ponto comercial do vice-prefeito, Clemente Fernandes. Os manifestantes também tentaram quebrar tudo no prédio da Prefeitura de Coari.

O efetivo de PMs da cidade estaria se desdobrando para evitar depredações e violência. A revolta é consequência, segundo os manifestantes, dos salários atrasados por parte da prefeitura. Apenas parte dos funcionários efetivos receberam o mês de novembro. Ninguém recebeu dezembro e nem o 13º salário.

A Prefeitura de Coari fez um parcelamento de salários dos meses de abril e maio. Apenas os efetivos receberam as parcelas. Para os comissionados falta ainda 75% do valor do mês de abril e as parcelas referentes ao salário do mês de maio não foram pagas. E ainda não receberam novembro e dezembro.

O prefeito Raimundo Magalhães ainda não recebeu os servidores públicos para dar uma explicação. (Any Margareth)

Carro de polícia faz a segurança da casa do prefeito de Coari, Raimundo Magalhães