Érika Kokay se reune com ministra Maria do Rosário para discutir exploração sexual de crianças e adolescentes em Coari


Erika-KokayA presidente da CPI da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, deputada Erika Kokay (PT-DF), se reunirá nessa terça-feira (4) com a ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR). O objetivo da reunião é tratar das denúncias investigadas pela CPI a respeito da existência de uma rede de pedofilia no município de Coari, no Amazonas, que seria comandada pelo prefeito da cidade, Adail Pinheiro. Estarão presentes representantes dos poderes Legislativo e Judiciário.

A deputada Erika Kokay quer discutir a proteção das vítimas e responsabilização efetiva dos responsáveis. Após as denúncias levadas à CPI, houve inclusão de vítimas no Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM) e o município foi incluído no Programa de Ações Integradas e Referenciais de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes (PAIR) do governo federal. A SDH/PR também solicitou a inclusão dos processos de violência sexual em Coari no programa Justiça Plena, ferramenta que dá transparência ao andamento de processos de grande repercussão social.

Em 2013, o estado do Amazonas registrou 887 denúncias no Disque 100, de casos envolvendo violência sexual contra crianças e adolescentes. Em Coari, foram 38 casos.