Folha de pagamento de dezembro traz o nome de vereador-secretário de Iranduba recebendo como vigia


Documento Iranduba 2

Contradizendo os desmentidos do vereador e secretário de Saúde de Iranduba, Antonio Alves de Lima Filho, sobre denúncia feita ao Radar que apesar de gestor da área de saúde também receberia como vigia noturno da prefeitura, lotado na secretaria de Educação do município, uma postagem no facebook traz a imagem da folha de pagamento de dezembro do ano passado onde está o nome de Antonio Alves de Lima Filho.

O facebook é de Eudes Fernades, identificado pelos parceiros do Radar em Iranduba, como ex-secretário de Saúde. A postagem da folha de pagamento de dezembro faz cair por terra às afirmações de Antonio Alves de que teria “aberto mão” do cargo efetivo de vigia quando assumiu o cargo de secretário de Saúde – ele afirmou ainda que teria pedido licença da Câmara Municipal de Iranduba. “Optei apenas pelo salário de secretário”, afirmou Antonio Alves em entrevista ao Radar.

No contracheque de julho do ano passado, o vereador- secretário recebe inclusive os benefícios de insalubridade e adicional noturno como se estivesse cumprindo regularmente a função de vigia. O salário recebido em julho como vigia foi de R$ 1.177,13. Antonio Alves. Ele confirmou o recebimento do salário, mas alegou não haver nada de irregular nisso já que, segundo ele, seria vereador de dia e vigia a noite. “Cumpria oito plantões por mês”, afirmou. Mas, negou veementemente, a acumulação de cargos públicos na Prefeitura de Iranduba, o que seria ilegal. E vamos e convenhamos, se já era estranho um vereador-vigia noturno, fica ainda mais esquisito um secretário cumprir esta função, não é mesmo? (Any Margareth)