Irmãos mantinham laboratório de drogas na Zona Leste


irmãos 1

irmãos 2

A Polícia Civil, por meio da equipe “Átila 2” da Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão a Entorpecente (DEPRE), sob o comando do delegado Adjunto, Samir Freire, prendeu em flagrante, no início da tarde deste sábado (11), os irmãos Erick  Laborda Vieira, 18, e Leoneuza Laborda da Silva, 30, por envolvimento com tráfico de drogas.

A prisão ocorreu, por volta das 12h, na casa deles localizada na rua Aracaju, no bairro Grande Vitória, Zona Leste da capital, e foi motivada após denúncias feitas pela população ao número 181 da Secretaria de Segurança Pública (SSP – AM). “As informações relatavam que a dupla matinha na residência um laboratório de drogas, onde era feito o armazenamento e o preparo dos entorpecentes,” explica Samir Freire.

No local, foram apreendidas 140 trouxinhas de entorpecentes com características de pasta base de cocaína, 250 gramas de substância semelhante à cocaína, uma balança de precisão, além de material para o embalo e refino da droga.

O Delegado Adjunto da DEPRE destaca a participação da população através das denúncias. “Em quatro dias fizemos 20 autuações em flagrante através da equipe de investigação. A maioria com a colaboração das pessoas” ressaltou.

Erick e Leoneuza vão responder pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas (Artigos 33 e 35, respectivamente, da Lei nº 11.343/06). Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, eles serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.