Liliane Araújo participa de panfletagem e entrevista ao vivo em programa de TV


A manhã desta segunda-feira (17) da candidata ao governo do Estado, Liliane Araújo, começou com atividades de campanha na capital. Na zona Leste, uma panfletagem foi realizada na avenida Autaz Mirim, uma das principais avenidas daquela região. Quem passava pelo local foi abordado pela candidata, que entregou panfletos contendo as principais propostas do plano governamental. Três horas depois, a jornalista cedeu entrevista ao programa Agora, da TV Em tempo, onde falou da campanha eleitoral e dos temas abordados nas caminhadas.

Durante 15 minutos de entrevista, a apresentadora Márcia Lasmar perguntou sobre saúde, segurança, emprego e renda, educação e indeferimento da candidatura, respondida pela candidata de forma simples e clara. “Nós entramos com recurso, estou no pleito e vamos aguardar a decisão judicial. No próximo dia 6 de agosto conto com o voto de vocês”, disse Liliane olhando para a lente da câmera da emissora.

Questionada sobre saúde, a jornalista, líder da coligação “Mudança com Segurança”, disse que o sistema público de saúde precisa voltar a funcionar com eficácia. Segundo ela, quem precisa do serviço sente dificuldade para marcar consultas, exames e cirurgias. Em torno de 50 mil pessoas aguardam na fila do SISREG em busca de uma especialidade médica. “Temos que lembrar que os médicos e enfermeiros não fazem milagres. Tem que haver estrutura para eles trabalharem”, falou.

No interior do Estado, a situação é mais precária ainda. “Outro dia um médico teve de improvisar uma garrafa de plástico para salvar a vida de um bebê. Isso não vai acontecer jamais no meu governo, pois vamos tratar a saúde com humanidade. É um governo curto, então vamos arrumar essa casa, que está desgovernada faz tempo”, ressaltou Liliane.

Na questão da segurança pública, a presença de um cabo da PM é importante, conforme Araújo. “Temos um policial na chapa, e isso é bom para realmente conhecermos a situação do Estado. Somos reféns da insegurança, hoje andamos dentro dos bairros e verificamos que as pessoas estão trancadas dentro de suas residências. Precisamos levar a sério, por isso vou equipar os PMs, valorizar o policial para que combata o crime com motivação. Se eles têm direito à promoção, data-base, auxílios, temos que cumprir a decisão judicial”, argumentou Liliane.

E o desenvolvimento do interior e geração de emprego? Para Liliane, deve-se desconcentrar esse setor. “A economia do Amazonas é basicamente voltada à indústria. Devemos e podemos diversificar e valorizar o potencial dos municípios. Nosso Estado é riquíssimo, mas não utilizamos os meios necessários para desenvolvê-lo da melhor forma. A Afeam, o Banco do Povo, que foi criado recentemente, são projetos bons, mas que são utilizados de forma errada, com fins ‘politiqueiros’. O que falta é vontade de fazer”, finalizou a candidata.

Ainda na noite de hoje (segunda-feira), Liliane Araújo participa do primeiro debate entre candidatos na TV Band, às 21h10.

Foto: Divulgação

Assessoria de Comunicação

Esta matéria é de total responsabilidade do candidato

Agenda: (18/07)

7h- Entrevista em programa da Rádio Rio Mar.

9h- Caminhada e panfletagem nas avenidas Eduardo Ribeiro e Marechal Deodoro, Centro.

12- Almoço com lideranças comunitárias.

14h- Entrevista para o portal Amazonas Atual.

17- Gravação de programa eleitoral para Rádio e TV.

20h- Reunião com coordenadores de campanha.