Não passou no Sisu? Veja outras opções para chegar à universidade


sisu 2

Quem não entrou na primeira lista de aprovados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) divulgada pelo Ministério da Educação nesta segunda-feira (13) tem ainda outras opções para ingressar em uma universidade ainda este ano por meio dos programas de educação do governo federal. Veja abaixo as opções.

Próximas convocações do Sisu

O Sisu fará uma segunda chamada no dia 27 de janeiro. Muitos convocados desistem de fazer matrícula porque passaram em mais de uma instituição ou foram aprovados em cursos distantes de sua cidade de origem, já que o sistema permite a mobilidade, e parte das vagas que “sobra” é reaproveitada na segunda chamada. Em 2012, 57% das vagas da primeira chamada do Sisu não foram preenchidas e foram colocadas à disposição na segunda chamada. O MEC não divulgou o total de vagas na segunda chamada de 2013.

Haverá, ainda, uma lista de espera caso as 171.401 vagas oferecidas não sejam ocupadas. Os candidatos que não forem convocados nas duas chamadas terão o período entre os dias 27 de janeiro e 7 de fevereiro para manifestar interesse em participar da lista.

Prouni

Se o estudante não conseguir uma vaga em uma universidade federal pelo Sisu, pode disputar uma bolsa de estudo em uma instituição particular, pelo Prouni. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até esta sexta-feira (17), pelo site http://siteprouni.mec.gov.br.

Segundo o Ministério da Educação, nesta edição são ofertadas 191.625 bolsas, sendo 131.636 integrais e 59.989 parciais.

Para disputar uma das bolsas, o aluno precisa ter feito o Enem 2013, ter obtido a nota mínima de 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. Também é preciso ter  renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.

Fies

O candidato contemplado com uma bolsa de 50% que não pode pagar a outra metade da mensalidade pode solicitar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Outros alunos que não foram contemplados pelo Prouni também podem recorrer ao financiamento.

Para isso, é necessário que a instituição para a qual o candidato foi selecionado tenha firmado termo de adesão ao Fies. A taxa de juros é de 3,4% ao ano para todos os cursos, e o estudante começa a pagar o financiamento só depois de concluir a graduação. Mais informações podem ser obtidas pelo site http://sisfiesportal.mec.gov.br.

Sisu do meio do ano

As notas do Enem 2013 também podem ser aproveitadas na segunda edição do Sisu de 2014. O Sisu do meio do ano, como é chamado, deve começar a receber inscrições no mês de junho. Porém, o número de vagas oferecidas para esta edição costuma ser menor do que a de janeiro.

Sisutec

Outra opção para quem concluiu o ensino médio, mas ainda não conseguiu entrar na faculdade é ingressar no ensino técnico pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). O ministro Aloizio Mercadante disse nesta segunda-feira (13) que as inscrições serão abertas no mês de março.

O sistema seleciona por meio das notas do Enem candidatos às vagas em cursos de educação profissional de instituições por todo o Brasil.

Fonte: G1