Prefeitura de Adail compra mais de R$ 5,7 milhões em combustível que daria para percorrer Coari quase 1 milhão de vezes


adail carroO nome da empresa é Euclides Ribeiro e Filhos – EPP. Segundo fontes do Radar, a empresa pertence ao pai do secretário de Planejamento da Prefeitura de Coari que se chama Marcos Rolland. Em maio de 2013, foi celebrado o contrato para fornecimento de combustível no valor de R$ 2.533.022,50 (dois milhões e quinhentos e trinta e três mil e vinte e dois reais e cinquenta centavos) – ver link http://www.diariomunicipal.com.br/amm/materia/901135.(Digitar o link na barra de endereços) Agora no final do ano, em novembro de 2013, a empresa ganhou mais um contrato, desta vez no valor de R$ 3.234.862,50 (três milhões e duzentos e trinta e quatro mil e oitocentos e sessenta e dois reais e cinquenta centavos) – ver link http://www.diariomunicipal.com.br/amm/materia/1097137. (Digitar o link na barra de endereços) Somente esses dois contratos ultrapassam o valor de R$ 5,7 milhões em compra de combustível pela Prefeitura de Coari – os parceiros do Radar em Coari dizem que houve mais contratos, mas só vamos publicar após ter os documentos.

Para ter uma ideia do que representa essa quantidade de combustível comprada pela Prefeitura de Coari, ela daria para que o prefeito Adail Pinheiro e seu grupo percorressem a maior distância que existe no município, os 22 quilômetros da Estrada de Itapeuá, quase 1 milhão de vezes. Para se chegar a esse número é só dividir os R$ 5,7 milhões pelo preço do litro de gasolina (R$ 3,20), o que daria para comprar 1.781.250 (um milhão e setecentos e oitenta e um mil e duzentos e cinquenta litros de gasolina). Depois, multiplicar essa quantidade de litros por 12 quilômetros, percurso que um carro popular faz com um litro de combustível , o que resultará em 21.375.000 (vinte e um milhões e trezentos e setenta e cinco mil quilômetros) que podem ser percorridos com essa quantidade de litros de gasolina. Finalmente, se pega esses milhões de quilômetros que dariam pra ser percorridos e se divide pela extensão de 22 kms que é maior distância de um lado a outro de Coari, e pronto, dava pra ficar dando voltas em Coari, nos 365 dias do ano passado, 971.590 (novecentos e setenta e um mil e quinhentas e noventa vezes). (Any Margareth)