Radar capta documento adiando pagamento dos servidores de Coari sob alegação de “bloqueio de recursos do município”


Documento-servidores-Coari

Depois de muita busca, um dos nossos repórteres-Radar em Coari conseguiu ter acesso a um comunicado interno da Prefeitura, e captar uma imagem para nos enviar confirmando matéria que postamos na sexta-feira (26) sobre o fato do pagamento dos servidores do município ter sido suspenso um dia antes, na quinta-feira (25). No comunicado está escrito que o pagamento não foi realizado “em virtude do bloqueio dos recursos do município”. Em uma busca no site do Banco do Brasil (SISBB – Sistema de Informação do Banco do Brasil), assim como no site da Secretaria de Estado da Fazenda, já que a Prefeitura de Coari não cumpre a Lei da Transparência (Lei Federal 131/2009) e o Tribunal de Contas se resume em multar a administração municipal que ainda usa é dinheiro público pra pagar a multa, estão registrados no mês de março, entre recursos federais e estaduais, repasses que atingem o valor de R$ 16, 3 milhões. Vale ressaltar que, a esse montante, acrescenta-se ainda o recolhimento de impostos municipais que fazem a arrecadação mensal da Prefeitura de Coari girar em torno de R$ 20 milhões/mês – média verificada nos meses do ano passado (2013).

Mas, mesmo com essa arrecadação mensal não houve o pagamento dos servidores públicos. Em contradição ao suposto “bloqueio dos recursos do município”, como alega a Prefeitura, não foi encontrado no site do Tribunal de Justiça, em busca processual, nenhuma decisão de bloqueio das contas de Coari, assim como nada neste sentido está registrado no repasse de recursos feitos pelo Governo Federal e Governo Estadual. (Any Margareth)