Rotta afirma que o Brasil conheceu a importância da ZFM durante aprovação da PEC em primeiro turno


MARCOS ROTTA DM (20)O deputado estadual Marcos Rotta, líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Amazonas parabenizou, nesta quinta-feira (20) a bancada federal, o prefeito de Manaus e o governador Omar Aziz pela vitória do Amazonas, com a aprovação em primeiro turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 506/2010, que prorroga por 50 anos os benefícios fiscais da Zona Franca de Manaus (ZFM). Rotta diz que esta foi uma maneira de mostrar ao Brasil a importância da Zona Franca para a economia de todo o país.

“Penso que conseguimos mudar um pouco a mentalidade, a visão de alguns parlamentares a respeito do Polo Industrial de Manaus. A votação tranquila de ontem, na Câmara dos Deputados, destacou a importância desse modelo econômico para o Amazonas e para o Brasil. Um modelo que mostra, em números e efeitos, os benefícios na geração de emprego e renda e na preservação ambiental. Parabenizo a nossa bancada federal, nossos deputados e senadores. Foi muito boa a presença do governador Omar Aziz, que é vice-presidente nacional do PSD, a importância e a influência do ex-senador e prefeito de Manaus Arthur Virgílio, mas também é preciso destacar a atuação brilhante do líder do governo da presidente Dilma, o senador Eduardo Braga que, juntamente ao líder do PMDB na Câmara, o deputado Eduardo Cunha e o presidente da Câmara dos Deputados fizeram com que tivéssemos esse compromisso honrado na noite de ontem. Foi um dia importante para o Amazonas e para o nosso país”, destacou Rotta.

A PEC ainda deverá ser votada pelo plenário em mais um turno. Para ser aprovada, precisa de, pelo menos, 308 votos (3/5 dos deputados) em cada uma das votações.

“Ainda não vencemos a guerra. Esta foi apenas a vitória em uma primeira batalha. Torço para que se coloque logo em segundo turno na Câmara dos Deputados porque depois a PEC da Zona Franca ainda vai seguir para o Senado. No Senado, acredito que a votação vai ser mais tranquila e acredito também que, até abril ou maio, nós teremos enfim a prorrogação da Zona Franca de Manaus por mais 50 anos”, completou o líder do PMDB na Aleam”.

Apartes

Na condição de líder do PMDB na Aleam, Rotta reconheceu o  esforço feito pelo partido na aprovação em primeiro turno da prorrogação do modelo Zona Franca. Nesta quarta-feira (20), deputados membros do PMDB também demonstraram apoio aos incentivos fiscais que deverão ser concedidos á Zona Franca de Manaus por mais 50 anos.

O deputado Vicente Lopes destacou a união de diversos partidos políticos em favor do Amazonas.

“Duvido hoje que um governo democrático tivesse a coragem de criar a Zona Franca de Manaus. Eu rendo homenagens àqueles que defendem os interesses do seu povo e foi isso que fizeram os líderes políticos do nosso Estado. O governador Omar Aziz, senadores, em especial o senador Eduardo Braga, deputados federais, o prefeito Arthur Neto, parlamentares de partidos diferentes que se unem em favor do Amazonas. A Zona Franca é importante para todo o Brasil e a preservação da nossa floresta nasce também desse projeto grandioso que é a Zona Franca, pela coragem de um governo desde a década de 60, que gera emprego e renda para o nosso Estado e para o nosso país. E a obrigação de preservar tudo isso é de todos nós. Parabéns ao deputado Marcos Rotta, por abordar esse tema”, afirmou Lopes.

Washington Régis também parabenizou a bancada federal do Amazonas e os demais líderes políticos do nosso Estado, na defesa da prorrogação do modelo Zona Franca.

“A importância que tem hoje o senador Eduardo Braga como líder da presidenta Dilma no senado, a importância do prefeito Arthur Virgílio como uma pessoa influente no PSDB, a importância do governador Omar Aziz, em um partido forte, recém-criado, a senadora Vanessa. Essa junção de forças mostrou o que a Zona Franca representa para o Brasil. Nós só temos que dizer, nessa hora, livre de qualquer bandeira partidária, que valeu e vai continuar valendo, porque a batalha ainda não terminou”, disse Régis.

Já o deputado Belarmino Lins destacou os resultados positivos para a economia, gerados pelo Polo Industrial de Manaus.

“A Zona Franca traduz em resultados, a toda a nação brasileira, do ponto de vista econômico e social, um projeto que gera mais de 130 mil empregos, gera riqueza ao Amazonas e ao Brasil ao longo de 47 anos e agora se estende, por uma ousadia e determinação da presidente Dilma por mais 50 anos, assegurando aos investidores a garantia de renda. O governador assumiu o comando para que tivéssemos essa vitória com 364 votos favoráveis em primeiro turno”

Agora os parlamentares esperam que a PEC seja aprovada em segundo turno para seguir para análise, também em dois turnos, no Senado. Hoje, o modelo Zona Franca é responsável pela implantação de mais de 500 indústrias e a geração de 130 mil empregos diretos.