Sem o vice do lado, Amazonino Mendes confirma disputa ao governo do Amazonas


Apesar de não ter contado com a presença do candidato a vice – o deputado estadual Bosco Saraiva (PSDB) – o ex-governador Amazonino Mendes foi oficializado na manhã desta sexta-feira (16), durante convenção do PDT como candidato ao cargo de governador do Amazonas, na eleição suplementar 2017.

“Não é um instante para carreirista político. Não é para oportunista. Mas sim, uma tarefa. É o que estou me propondo. Larguei o pijama por isso. O momento não é para politicalha, politiquice, cambalacho político”. A frase dita, em tom de desabafo, foi proferida pelo candidato durante o evento que ocorreu na sede do Partido Democrático Trabalhista (PDT), no conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul, onde ele anunciou o “Movimento Pela Reconstrução do Amazonas”.

Amazonino Mendes fez questão de frisar que a escolha de realizar a convenção na própria sede do partido reflete o atual momento político do Amazonas que não é para festa, comemoração ou dispêndio com recurso. “Convenção modesta simples, do povo, sem ostentação. Sem demonstração de riqueza. O país desencantou, estamos perplexos. Ninguém imaginaria que nosso país estava na mão de pessoas irresponsáveis e criminosas”, disse.

Amazonino enfatizou que o momento é de reconstrução do Estado. Ele cutucou os adversários sobre a sua experiência de vida. “Velho? Não vou participar de maratona. Vou governar. Hoje tem um Estado distante do que larguei em 2002. Deixamos o Estado com finanças equilibradas. Sem dívidas. Não fui irresponsável. A hora é de pôr ordem na casa. Recuperar o Estado. Já é uma tarefa gigantesca. Não sei se o prazo de um ano é suficiente”, comentou.

O ex-governador agradeceu o PDT pela confiança na candidatura e aos demais partidos pelo apoio e ressaltou que não fará aliança política. “Agradeço ao partido, aos partidos que acreditam em mim, marcham comigo. Mas todos eles sabem que o momento é de trabalho. Não de aliança política”, frisou.

Vice

Ao lado de parlamentares de outras siglas, o ex-governador Amazonino Mendes anunciou o deputado estadual Bosco Saraiva como candidato a vice-governador na chapa. Amazonino fez questão de frisar que no passado perdeu uma eleição por conta de uma armação contra o deputado. “O governo federal envolveu uma cilada em Manaus. Eu fui buscar esse vice para provar ao povo do Amazonas que eu não me ligo a bandido. Ele não é bandido. É um homem sério. Vamos corrigir essa brutalidade que está impune até hoje. Colocaram-no nas redes sociais com algemas. Essas algemas não são para ele. Vocês sabem para quem é!”.

O presidente do PDT, deputado federal Hissa Abrahão, exaltou as qualidades do candidato e disse que o Amazonas necessita urgentemente de alguém que saiba comandar com pulso firme para reconstruir o Amazonas. “O doutor Amazonino Mendes dispensa apresentação. O Amazonas precisa de alguém que saiba comandar o executivo com equilíbrio, serenidade e acima de tudo que olhe para o povo com muito carinho, respeito e vontade política”, afirmou.

Foto: Divulgação