Turista britância está desaparecida no Rio Solimões


Em nota enviada à imprensa, o 9° Distrito Naval (Com9ºDN) da Marinha informou que, no dia 13 de setembro, quarta-feira passada, por volta das 22h, “uma empresa ligou para o Com9ºDN, informando que o localizador de emergência de uma britânica de 43 anos, que estaria realizando canoagem esportiva no Rio Solimões, foi acionado”. Segundo o comando do Distrito Naval, na manhã do dia seguinte, foi enviada aeronave (ANV) N-7086 do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3) para realizar o reconhecimento da área, compreendida entre os municípios de Codajás e Coari (AM), e começar as buscas.

“Nesta sexta-feira (15), foram reiniciadas as buscas, por outra aeronave, ANV N-7089, assim como uma lancha da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) e o Navio-Patrulha Fluvial (NPaFlu) Amapá foram empregados para o reforço das buscas”, esclarece a nota.

O Distrito Naval informou ainda que já fez contato com os órgãos de Segurança Pública do Estado e a Capitania Fluvial está efetuando o monitoramento das embarcações da região em busca de mais informações sobre a ocorrência.

Na nota, a Marinha do Brasil solicita a quem tiver informações sobre os fatos que levaram ao desaparecimento da turista britânica, ligar para o telefone (92) 98802-3116.