128 mil pessoas serão imunizadas no Amazonas contra a Covid-19 na primeira fase

Reuters/Imago Imagens

Durante coletiva realizada na noite dessa segunda-feira (18), o governador do Amazonas, Wilson Lima, divulgou o plano de vacinação contra a Covid-19 no Estado. De acordo com o governador as 256 mil vacinas enviadas para o Amazonas já estão inclusas a primeira e a segunda dose que deverão ser aplicada em um espaço de 28 dias em 128 mil pessoas que fazem parte do grupo prioritário.

Conforme as diretrizes elaboradas pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), os grupos prioritários da primeira fase serão: povos indígenas, trabalhadores da saúde e idosos que estão em casas de acolhimento.

Na segunda fase serão vacinadas pessoas de 70 a 74 anos, pessoas de 65 a 69 anos e pessoas de 60 a 64 anos. A terceira fase do plano será focada em pessoas com comorbidades.

De acordo com o governador, nesta terça-feira (19) inicia o processo distribuição para as demais localidades do Amazonas. “As vacinas irão para 21 municípios e de lá seguirão para as demais localidades de onde só é possível chegar via transporte fluvial”, disse Wilson

Próxima remessa

Ao ser questionado sobre a quantidade de doses na próxima remessa para iniciar a vacinação em outros grupos, o governador disse que ainda não sabe qual será a quantidade, “Eu ainda não tenho esse número, ainda está sendo fechado pelo Ministério da Saúde, vai depender de quantas doses vem da Índia e também da quantidade que vai ser disponibilizada pela instituto Butantan”, Wilson Lima.

Estrutura

Governo do Amazonas possui contêineres refrigerados para armazenagem das vacinas e cerca de 440 mil seringas e agulhas em estoque. O Estado adquiriu mais de 1,5 milhão de seringas e agulhas, que serão entregues pelo fornecedor até o dia 25 de janeiro.

A FVS-AM começou a instalar, no último domingo (17/01), três containers refrigerados com sistema de inteligência artificial, destinados para armazenagem de vacinas.