26 pessoas são presas e 57 motos são apreendidas pela polícia durante a operação “Solimões Livre 2014”

motos

Foi deflagrada pelo Departamento de Polícia do Interior (DPI), de 29 de outubro a 5 de dezembro, a operação “Solimões Livre 2014”, com objetivo de combater o tráfico de drogas, furtos e roubos de veículos, além de crimes ambientais nos municípios de Codajás, Coari, Tefé, Maraã, Fonte Boa, Jutaí, Tonantins, Santo Antônio do Iça, São Paulo de Olivença, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Tabatinga, e Amaturá, que compõe a calha do rio Solimões.

A operação foi coordenada pelo Diretor do DPI, Delegado Antônio Chicre Neto, e contou com efetivo de 16 investigadores, duas escrivãs, um perito criminal vistoriador veicular, e mais dez tripulantes da balsa Governador Paulo Pinto Nery, o “Ferry Boat” da Polícia Civil que abriga a Delegacia Fluvial (DEFLU). Os procedimentos também foram realizados por Policiais Civis e Militares dos municípios onde ocorreram as ações, que representaram junto à Justiça local os mandados judiciais cumpridos na operação.

No decorrer da “Solimões Livre 2014” foram cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão, também foram feitas fiscalizações a  embarcações e blitzes que resultaram na apreensão de 57 motocicletas roubadas ou furtadas, três carros, três revólveres calibre 38, duas espingardas, 1.106 munições, cerca de 5,7 kg de drogas com características de cocaína, 102g drogas com aparência de maconha, R$ 10.509 mil em dinheiro, COP$ 189 pesos colombianos, 522 maços de cigarro contrabandeados da Colômbia, além de celulares, notebooks, motor de popa, motosserra, balanças de precisão, televisores, e material de embalo e refino de drogas.

Ao longo dos trabalhos cinco pessoas foram presas em cumprimento a mandados de prisão preventiva, 21 pessoas foram presas e autuadas em flagrante nos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ou posse de arma de fogo e munição, contrabando e descaminho, durante o cumprimento a 34 mandados de busca e apreensão. Foram realizados ainda, 69 termos de declarações, e um auto de qualificação e interrogatório.

Das prisões, o destaque é para a desarticulação de uma quadrilha de traficantes de drogas no município de Santo Antônio do Içá, distante 880 quilômetros em linha reta de Manaus, além da prisão em flagrante de Edson dos Santos Penha, por porte ilegal de arma de fogo, ocorrida na cidade de Coari, a 363 quilômetros da capital. O homem é apontado como um dos autores da tentativa de homicídio contra o ex-prefeito do município, Arnaldo Mitoso, no dia 5 de agosto de 2011.

O Diretor do DPI, Delegado Antônio Chicre Neto, destacou que essa é a quarta edição da operação, que além de combater o tráfico de drogas doméstico, crimes ambientais, entre outros, também visa manter a ordem nos municípios onde são realizadas as ações. “Este ano os trabalhos ocorreram em 13 cidades, onde foi realizado um trabalho de inteligência, como levantamento de informações, localização das bocas de fumo pelos nossos delegados locais e outras ações. Quando a DEFLU chega nesses municípios, damos seguimento aos trabalhos, cumprindo os mandados e efetuando prisões em flagrante delito”, explicou o Delegado.

Chicre Neto informou ainda que durante a operação, as equipes realizaram blitzes, onde foram verificados os sinais identificadores dos veículos abordados. “O resultado desse trabalho foi a recuperação das motocicletas roubadas ou furtadas de Manaus. Em Codajás, Coari e Tabatinga, por exemplo, apreendemos três carros roubados dentro dos próprios municípios”, frisou o Diretor do DPI.

O coordenador da operação também destacou as dificuldades da missão. “Foi um trabalho incansável realizado pelos Policiais Civis, que diariamente foram superando o cansaço da viagem, das temperaturas elevadas durante a navegação, do tempo ruim, inclusive do ataque de insetos que causavam enorme desconforto. Mesmo assim, a equipe não desanimou em cumprir a missão de combater a criminalidade no interior do Amazonas”, ressaltou o Delegado Chicre Neto.

As motocicletas recuperadas na operação “Solimões Livre 2014”, serão levadas para a Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), localizada na avenida Professor Nilton Lins, bairro Flores, na Zona Centro-Sul de Manaus, onde serão entregues para os legítimos proprietários.