A “cara de paisagem” do governador diante da indignação do prefeito de Manaus

Altemar Alcântara/ Semcom

É incrível – pra não escrever expressão bem pior – como o governador Wilson Lima (União Brasil) consegue se manter impassível diante de todos os momentos terríveis pelos quais o Amazonas já passou e continua passando. O comportamento do governador é totalmente diferente daquele Wilson Lima, apresentador de programa de televisão, que fazia caras e bocas de revoltado e criticava duramente os gestores públicos.

Nessa segunda-feira (02), vimos de novo aquela “cara de paisagem” do governador, impassível, sem demonstrar qualquer emoção, enquanto David Almeida (Avante) se esgoelava por causa da política fiscal massacrante que está sendo feita com a Zona Franca de Manaus (ZFM).

Durante mais um daqueles momentos em que o prefeito de Manaus e o governador do Estado usam ações pagas com dinheiro público pra se promover politicamente, David Almeida e Wilson Lima estiveram “visitando” os locais onde a prefeitura vai fazer asfaltamento. Com cara de comício fora de época, tinha palanque e microfone pra discurso e um David Almeida vestido de vermelho dos pés a cabeça, nem lembrava o bolsominion de antes, de verde e amarelo entoando louvores a Messias Bolsonaro.

Teve momento em que David Almeida deu berros pra chamar atenção de quem estava no local, falou sobre aqueles que são contra a ZFM, mas que querem se eleger pelo Amazonas – nem precisava falar o nome do coronel Menezes né mesmo? David Almeida lembrou que Bolsonaro foi apoiado pela maioria do eleitorado amazonense e disparou: “O cara (Bolsonaro teve 67% dos votos aqui, a gente não tem que ficar aplaudindo ele acabar os nossos empregos, a gente tem que cobrar dele”.

David Almeida classificou Paulo Guedes como o pior ministro da história do Brasil. E, enquanto isso acontecia, Wilson Lima, ficava ali do lado de David Almeida estático como uma estátua, sem esboçar qualquer reação e sem dizer nada.

Wilson decidiu só falar alguma coisa por suas redes sociais em mais um daqueles vídeos em que está trancado dentro do quarto, parecendo até se precaver para o caso de precisar de uma rota de fuga, acelerar e sair de cena.