Aberto ao público, desfile de Carnaval do projeto ‘Vidativa’ será na Arena Amadeu Teixeira nesta sexta-feira (09)

O desfile de Carnaval do projeto “Vidativa” será realizado nesta sexta-feira (09), a partir das 15h, na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, na rua Loris Cordovil, s/n, bairro Flores, zona centro-sul de Manaus. O evento, gratuito e aberto ao público, terá a participação de mais de 40 blocos, entre grupos de idosos da capital e dos municípios do interior do Amazonas. A animação ficará por conta da Banda da Polícia Militar e da Escola de Samba Balaku Blaku.

O projeto “Vidativa”, desenvolvido pela Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), é voltado para pessoas da terceira idade e inclui acompanhamento de equipe multidisciplinar, composta por profissionais como psicólogo, assistente social, educador físico, nutricionista e fisioterapeuta.

De acordo com a coordenadora do projeto, Nara Freitas, todos os anos é feita essa grande festa no Carnaval, visando a mobilização massiva de pessoas em Manaus e nos municípios do interior, buscando proporcionar alegria e diversão aos foliões de todas as idades, em especial os idosos.

“No total serão seis blocos do interior (Parintins, Novo Airão, Manacapuru, Iranduba, Cacau Pirera e Rio Preto da Eva) e 38 blocos de Manaus, em um desfile igual aos das escolas de samba. Todos eles utilizarão abadás diferenciados para identificar seus grupos. A expectativa é de que pelo menos cinco mil pessoas compareçam e prestigiem o evento, entre idosos, familiares e amigos”, contou Nara, que diz estar muito contente, principalmente pelo número de pedidos de instituições para participar da festa.

A coordenadora do projeto “Vidativa” disse ainda que a concentração dos blocos carnavalescos será feita fora da quadra e, a partir das 14h45, inicia o desfile oficial, que tem como tema “Vidativa na Folia”. “Além da festa, estaremos entregando uma premiação em medalhas para os três melhores blocos carnavalescos, de modo a estimular os grupos a trabalharem em equipe e darem o seu melhor na ‘avenida’. Tenho certeza que vai ser maravilhoso para eles e para nós podermos trocar experiências em meio a um ambiente saudável e alegre”, finalizou.

O evento terá ainda a participação de um bloco formado por idosos indígenas das etnias Miranha, Baré, Sateré-Mawé, KoKama. Além da presença de pessoas com deficiência, levados pela Seped.

Programação

15h – Início do desfile com a participação da banda da Polícia Militar

17h – Anúncio dos blocos campeões e aulão de marchinha com os profissionais do Vidativa

17h20 – Apresentação da Escola de Samba Balaku Blaku

19h – Encerramento

Fonte: assessoria de comunicação da Sejel

Fotos: Tácio Melo