Abertura do 6º Festival Breves Cenas será nesta sexta-feira (14)

teatro 1

Com espetáculos de todo o País, o Festival Breves Cenas de Teatro chega à sexta edição este fim de semana. As apresentações serão de 14 a 17 de novembro, sempre às 20h, no Teatro Amazonas, com entrada franca.

As cenas são curtas, com no mínimo quatro minutos e um segundo e, no máximo, 15 minutos e um segundo. Comédia, drama, clown entre outros gêneros das artes cênicas fazem parte da programação que terá quatro cenas por dia. A exceção é a abertura que terá apenas três.“A cada ano o festival se consolida como referência nacional, pela pluralidade das cenas que são apresentadas e por levar ao palco grupos consagrados e novos, do Amazonas e de outros Estados”, disse o coordenador geral, Dyego Monnzaho.

teatro 2No total, seis estados brasileiros participam do festival, totalizando cerca de 150 artistas envolvidos, entre produtores, atores, técnicos e contrarregras. Recorde de público, o Breves Cenas já atraiu mais de 50 mil pessoas nos últimos cinco anos. A cada dia de festival, aproximadamente 700 pessoas podem participar, conforme a lotação máxima do Teatro Amazonas.

De caráter competitivo, o Breves Cenas terá três jurados de renome nacional para selecionar os vencedores entre 11 inscritos, além do próprio público na categoria júri popular. Este ano a comissão julgadora é formada por diretor e dramaturgo Fabiano Freitas, do Rio de Janeiro; a artista, professora de interpretação e crítica Vanja Poty, natural de São Paulo, mas que atualmente mora em Manaus e é docente do Curso de Artes Cênicas da Universidade do Estado do Amazonas (UEA); e o ator, formado pela Casa das artes de Laranjeiras (RJ), Ronaldo Serruya.

O resultado será divulgado na noite de encerramento, no dia 17, no palco do Teatro Amazonas. A noite terá uma apresentação inédita da companhia de dança da escola La Salle, premiada em festivais nacionais como o de Festival de Dança de Joinville. “É a primeira vez que teremos uma atração de dança dentro do Breves Cenas”, Dyego Monnzaho.

Além do palco

A plateia também poderá mostra seu talento. Como ocorre todos os anos, entre uma apresentação e outra acontece a ação “Entreatos”, nos intervalos. Este ano, haverá um karaokê com o público. Cada noite será selecionado um finalista para a grande final, também no encerramento que será na próxima segunda-feira (17). A premiação é de R$ 1 mil.

Além disso, o Breves Cenas de Teatro reforçará, mais uma vez, o seu objetivo pedagógico. No dia seguinte às apresentações serão realizados debates entre artistas, estudantes, jurados e público em geral. As cenas exibidas na noite anterior serão discutidas a fim de contribuir com o processo de produção e amadurecimentos dos artistas.  “É um momento de grande importância dentro do festival. Compondo as atividades formativas, esses encontros proporcionam trocas de experiências, de informações, diálogos sobre técnicas, entre outras abordagens que provocam um intercâmbio apurado entre nossos povos e nossas culturas”, reforça Dyego Monnzaho.

Considerado o melhor festival de teatro do Norte do País pela Fundação Nacional das Artes (Funarte) e revista “TAM nas Nuvens”, o Breves Cenas é patrocinado pela Caixa Econômica e pela Secretaria de Estado da Cultura (Sec), por meio do governo do Amazonas, e tem o apoio da Rede Amazônica de Televisão, Objeto de Papel e Casarão de Ideias. A realização é da H Produções.

teatro 3

Programação

6º Breves Cenas de Teatro

14.11 – SEXTA-FEIRA

– Cerimônia de abertura

Cenas:   “Estapafúrdias”, da Cia Cirko Volonte (SP)

“Frenesi”, de Raquel Schaedler – (PR)

“Morto, logo existo”, da Cia Movimento Mínimo (SP)

15.11 – SÁBADO

Cenas:   “O Quadro de Família”, da Cia. Pigmalião Escultura que Mexe (MG)

“O Defunto”, Grupo Cartolas Produções (AM)

“Pássaro fora do ar” Núcleo Curare (RO)

“Faz alguma coisa, tia” Alar-me Grupo Teatral (RJ)

16.11 – DOMINGO

Cenas:   “Pintinho 12”, grupo Olha Já! (AM)

“Se vivêssemos em um lugar normal”, Grupo Milongas (RJ)

“Saudade Branca”, Multifoco Companhia de Teatro (RJ)

“Cenas de Sangue num bar na avenida São João” – Grupo Trupe Andarilhos de Teatro (RJ)

 

17.11 – SEGUNDA

 

Encerramento

Premiação Cenas Vencedoras e Karaokê

Apresentação da Cia. De Dança La Salle