Ação contra Cunha sobre contas na Suíça será entregue a Moro

cunha-capa

A partir desta quarta-feira (5), a ação penal contra o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sobre contas na Suíça, pode chegar às mãos do juiz Sérgio Moro a qualquer momento. É que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que autorizou a abertura da ação penal, foi divulgada no “Diário de Justiça Eletrônico” nesta terça-feira (4) e será considerada publicada amanhã.

Segundo informações do portal G1, a mulher de Cunha, Claudia Cruz, já é alvo de ação penal em relação ao tema e, agora, o ex-parlamentar também responderá em Curitiba. Ele nega as acusações.

Há cerca de três semanas, o ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo, determinou o envio para o Paraná da ação, na qual Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Bênin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro.

Porém, ainda de acordo com o G1, o ministro condicionou a remessa do processo à publicação da decisão do julgamento que abriu a ação penal. Por isso, o caso ainda não tinha sido enviado para Moro.

Fonte: Notícias ao Minuto