Acusado de assassinato no Estado do Pará é preso em via pública em Manaus

foragido

O jovem Valdinelson da Silva Pimentel, 20, que estava sendo procurado pela polícia no Estado do Pará, em cumprimento a mandado de prisão preventiva por acusação de homicídio, foi preso nesta quarta-feira (06) por policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), na rua Coirama, bairro Jorge Teixeira 4, na Zona Leste de Manaus.

De acordo com o Delegado Ivo Martins, o jovem foi preso em via pública após exibir atitudes suspeitas e não portar documentos. Ao ser abordado, ele confessou ter sido preso no Estado do Pará por homicídio. Na Delegacia, os servidores constataram que havia um mandado de prisão preventiva em aberto contra ele, expedido em 26 de novembro de 2013, pela juíza Tarcila Maria Souza de Campos, da Vara Única da Comarca de Óbidos.

O crime aconteceu em julho de 2013, no bairro Cidade Nova, na cidade de Curuá, no Estado do Pará. Valdinelson teria atingido a vítima com uma facada no tórax que morreu na hora. Em depoimento, o rapaz informou que teria matado a vítima, de nome não informado pelas autoridades paraenses, por causa de uma rixa e por ter um suposto relacionamento amoroso com a ex- namorada do homem assassinado.

Ele declarou que estava com a vítima em um bar, quando o mesmo o chamou para local afastado e apontou uma faca na direção dele. O preso então teria se armado de uma pedaço de madeira e o atacou, quando este caiu no chão e o golpeou com a facada. O fugitivo estava morando na casa de um tio em Manaus há um mês quando fugiu do Pará.

Valdinelson foi indiciado por homicídio (Art. 121 do Código penal Brasileiro) e ficará na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa até a Justiça do Pará requerer a guarda dele para o Estado.