Adolescente é encontrada morta em uma residência no Centro

Reprodução Internet

Heloísa Medeiros da Silva, de 17 anos, que estava desaparecida há 4 dias, foi encontrada morta nesse domingo (15), em uma residência no Centro da capital. A vítima estava seminua e com sinais de agressões.

De acordo com informações repassadas pelos policiais da 24° Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que atenderam a ocorrência, a jovem chegou acompanhada de um dos moradores da casa, que ainda não teve o nome divulgado. Ainda de acordo com informações policias, o suspeito pediu para seu próprio tio chamar a polícia dizendo que teria feito uma “besteira”. O homem está foragido.

Segundo Fábio Medeiros, tio da vítima, Heloísa estava desaparecida desde a quinta-feira (12), quando saiu, por volta de 23h, para comemorar o aniversário de um amigo em um bar no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul. Desde então não foi mais vista e passou a ser procurada pela família.

“Ela não vou voltou para casa, então começamos a ligar. O telefone chamava, mas ninguém atendia. A última visualização dela no WhatsApp foi no dia seguinte, sexta-feira (13), por volta de 5h. Começamos a compartilhar a foto dela nas redes sociais e pedir ajuda dos amigos, mas não localizamos a Heloísa”, disse o tio.

O Departamento de Perícia Criminal do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para realizar a perícia, além de uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que iniciou as investigações para esclarecer o crime.

Com informações da assessoria da PC-AM.