Adolescente que estuprou própria prima de 16 anos é apreendido em Iranduba

Um adolescente de 15 anos foi apreendido no município de Cacau Pirêra, situado em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus) pelo crime de estupro. A vítima é a própria prima dele, uma menina de 16 anos, segundo investigação do Posto de Policiamento Integrado (PPI) do local.

De acordo com o delegado Chicre, titular do PPI, o delito ocorreu no ano passado. Na ocasião do crime, a prima do infrator foi vítima de abuso sexual cometido por ele. O delegado disse também que, depois da consumação do crime, a vítima compareceu a unidade policial para denunciar o ocorrido.

“Após o mandado de busca e apreensão ser expedido, identificamos a escola onde o adolescente estuda e nos deslocamos até lá, momento em que o encontramos e logramos êxito no cumprimento da ordem judicial. Durante as diligências, constatamos ainda que o infrator já possui passagem pela polícia por ter cometido o mesmo delito em 2018, daquela vez contra a vizinha dele, uma criança de apenas 4 anos de idade”, explicou o delegado Chicre.

O mandado de busca e apreensão em nome do adolescente foi expedida no dia 19 de junho deste ano, pelo juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, da 2ª Vara da Comarca de Iranduba.

O adolescente irá responder por ato infracional análogo ao crime de estupro. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, eles serão conduzidos à 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba, e, posteriormente, encaminhados para a Unidade de Internação Provisória em Manaus.

Com informações da assessoria da PC-AM.