Adolescentes mataram menina de 12 anos; corpo foi encontrado nas matas do Tarumã

A Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), apresentou, nesta terça-feira (19), dois adolescentes, de 15 e 17 anos, envolvidos no homicídio de Geisiane dos Santos Ferreira, de apenas 12 anos, ocorrido no dia 6 de setembro deste ano, em uma área verde, na Avenida do Turismo, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus.

De acordo com a delegada, Elizabeth de Paula, durante depoimento, o adolescente de 17 anos relatou que a vítima o teria delatado a um traficante, informando que ele furtou uma motocicleta de um homem envolvido com o tráfico de drogas naquela região. Por conta disso, ele estava sendo ameaçado de morte. Conforme o adolescente, a irmã dele, de 15 anos foi quem planejou o crime.

“O adolescente de 17 anos confessou ter convidado a vítima para lanchar e também chamado o ex-namorado dela, de 13 anos. Em determinado momento eles a levaram para uma área verde, no bairro Tarumã, onde golpearam a vítima com mais de 30 facadas em diferentes partes do corpo”, explicou.

Um outro adolescente de 14 anos e o ex-namorado da vítima, além da adolescente de 15 anos que teria planejado o crime, foram apreendidos, na última segunda-feira (18), pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Em Termo de Declaração, o ex-namorado da vítima afirmou que a adolescente de 15 anos planejou a morte de Geisiane, após a vítima ter furtado R$ 400 dela.

Uma possível traição de Geisiane está sendo investigada como provável motivação do crime, segundo a delegada. Representantes do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) deram parecer favorável à internação dos menores infratores em uma unidade de internação provisória na capital. Eles irão responder por ato infracional análogo ao crime de homicídio.