Advogado ameaça delegada durante cumprimento de mandado de prisão

Foto: Advogado Marcelo Oliveira e Delegada Débora Mafra

Durante o cumprimento do mandado de prisão do advogado Marcelo Oliveira Gonçalves, de 40 anos, na na manhã da última quinta-feira (8), o suspeito ameaçou a Delegada Débora Mafra, que estava na frente da operação. O advogado foi detido pela tentativa de feminicídio contra a ex companheira, Teresa Victoria Mota Pinheiro, de 22 anos, no dia 21 de março de 2020.

A titular da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM) contou que Marcelo perguntou a ela quem deu aquele mandato. “Falei que o juiz expediu o mandado e retrucou dizendo que tinha mentiras. Logo em seguida respondi me baseei em provas técnicas, que fez o juiz decidir pela prisão preventiva. Ao final disso tudo, ele falou que ia fazer comigo o mesmo que fez com outra delegada. Eu comecei a gritar que estava sendo ameaçada e os policiais ouviram”, relatou.

Mafra ainda salientou que o episódio contribui com o fato pelo qual ele foi preso, pois se ele não respeita nem uma autoridade policial, imagine a ex-namorada que sofreu tudo o que denunciou.

“Eu fiquei pensando em tudo que aconteceu. Se ele não respeita uma delegada de polícia, imagine uma ex-namorada. A gente fica perplexo diante de um homem da lei, querendo ou não ele conhece a mesma, ter esse tipo de atitude”, completou.

Ele deve responder pelos crimes de tentativa de feminicídio, furto, sequestro e ameaça. Marcelo vai ficar à disposição da Justiça e vai passar por audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT).