Aglomerações marcam primeiro dia de reabertura do comércio no centro de Manaus

Foto: Radar Amazônico

Nesta segunda-feira (22), primeiro dia de flexibilização do comércio feito pelo Governo do Amazonas, o centro de Manaus registrou cenas aglomeração. O novo decreto estadual reabriu, hoje, lojas em geral, shoppings e restaurantes.

O pastor Luciano Maciel, que mora na Comunidade São Pedro, no município de Iranduba, na região metropolitana da capital, aproveitou a reabertura do comércio para pagar contas. Ele chegou bem cedo em uma loja do Centro da capital e junto da mulher aguardava a retomada dos serviços. No entanto, falou que é preciso ter cuidado e não relaxar nas medidas sanitárias.

“Viemos pagar as contas, pegar o IPTU, estamos aqui fazendo nossas obrigações de cidadão. Mas vejo que muitas pessoas estão desobedecendo as ordens do governo e das nossas prefeituras. Por isso que está dando essa confusão toda. Se todo mundo obedecesse, a gente não estaria desse jeito. Mas ainda dá tempo de mudar. Usar álcool em gel, manter o distanciamento e só sair se for realmente necessário”.

Nesta nova fase de reabertura, lojas em geral funcionam de 9h às 15h, de segunda à sábado. Shoppings estão permitidos atuar de 10h às 16h, de segunda a sábado, e os restaurantes de lanchonetes, de 6h às 16h também nos mesmos dias.

Apesar do retorno gradual de atividades, o Amazonas ainda enfrenta altos índices de casos e mortes em decorrência da Covid-19. Dos 306.003 casos confirmados no estado, 141.674 são de Manaus (46,30%), cidade em que já morreram 7.407 pessoas.