Águas de Manaus doa sala de informática para instituto que oferece cursos gratuitos na zona Leste da cidade

Foto: divulgação

A concessionária Águas de Manaus doou oito computadores, cadeiras e armários para o Instituto de Direito do Terceiro Setor (IDTS) que oferece cursos gratuitos de idiomas na zona Leste da cidade. Além disso, a empresa realizou a pintura da sala onde as aulas acontecem.

De acordo com o coordenador do IDTS, Elenilson Oliveira, cerca de 50 alunos participam dos cursos gratuitos. Após receber a nova estrutura, a expectativa é ampliar o número de crianças e jovens beneficiados.

“Hoje, eu vejo a Águas de Manaus como uma empresa que realmente olha para as entidades comunitárias da cidade. Estou nessa luta há muitos anos e posso dizer que poucas instituições cumprem a verdadeira função de responsabilidade social como a Águas vem fazendo. Sempre que solicitamos qualquer coisa da concessionária, somos atendidos. Essa sala é um grande presente para os nossos alunos do Instituto e será muito bem usada por todos”, disse Elenilson.

O próximo passo é estruturar uma biblioteca comunitária na sede do Instituto de Direito do Terceiro Setor. A concessionária iniciou uma campanha interna chamada “Doe livros, compartilhe histórias”, para que os colaboradores façam a doação de literatura infantil, gibis e livros didáticos, que serão repassados ao IDTS em breve.

O Instituto de Direito do Terceiro Setor (IDTS) é uma organização social que existe há dez anos no bairro Gilberto Mestrinho, na zona Leste da cidade. Entre diversas ações realizadas, o IDTS oferece cursos gratuitos de idiomas, reforço escolar e informática para crianças e adolescentes de 6 a 14 anos.

O Instituto de Direito do Terceiro Setor iniciou a parceria com a Águas de Manaus há dois anos, através do programa “Afluentes”, que busca aproximar concessionária e lideranças comunitárias. Hoje, cerca de 600 líderes estão cadastrados no programa.

O Afluentes criou um canal de comunicação direto no Whatsapp, onde os líderes foram divididos em grupos de acordo com a zona ou região. Diante de qualquer ocorrência no bairro, como a falta d’água, vazamento em rede, entre outros, a liderança envia a demanda no aplicativo. No mesmo instante, equipes da concessionária, que também estão no grupo, iniciam o atendimento e a busca de uma solução para o problema. Esse contato direto fez o tempo de resposta da empresa diminuir consideravelmente. Em média, as demandas que chegam através dos grupos do Afluentes são resolvidas em até 24h.

 

(*) Informações da Assessoria