Aleam pode fazer as pazes com a sociedade e permitir continuidade do impeachment, aponta Wilker

 

blank

Foto: divulgação

O deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) voltou a criticar, durante Sessão Plenária desta terça-feira (04), na Assembleia Legislativa do Amazonas, a votação do relatório , na última sexta-feira (31), no plenário da Aleam, que pede o arquivamento do processo de impeachment do governador Wilson Lima e do vice Carlos Almeida Filho.

Para o parlamentar, a votação prevista para quinta-feira (06) é mais uma chance para esta Casa fazer as pazes com o povo e dar prosseguimento ao processo.

“Temos a oportunidade de fazer as pazes com o povo e permitir que o processo de impeachment avance, para que possamos investigar os atos praticados por um governo que foi um verdadeiro genocida. O que ocorreu no Amazonas foi uma chacina e quem perdeu seu ente querido nesta pandemia não pode ser tratado meramente como números”, afirmou.

Ainda segundo o parlamentar, que foi o único a vota contra o arquivamento do relatório, não foi possível identificar nenhuma diferença entre a defesa do governador e vice com o documento apresentado pelo relator deputado Dr. Gomes (PSC). Ele acrescentou ainda as abstenções foram uma forma de protesto contra o pouco tempo para análise do relatório.

“Estou em posse do relatório do processo de impeachment e não sei qual é a diferença da peça da defesa do governador e do vice e o parecer. Só quero alertar que a sociedade recebeu com muita tristeza o posicionamento desta Casa na última sexta-feira, onde aquela fatídica votação contrariou o interesse da população”, finalizou Wilker.

(*)Informações da assessoria