Alfredo se aliançou; Eduardo Braga e Marcelo Ramos estão juntos nas eleições suplementares

Diante de uma multidão que lotou a quadra da Escola de Samba Unidos do Alvorada, na manhã desta sexta-feira (16), foi selada a união entre o senador Eduardo Braga, do PMDB, candidato a governador, e Marcelo Ramos (PR), candidato a vice, diante de um Alfredo Nascimento, presidente regional do PR, que era só sorrisos.

Eduardo Braga largou-lhe a peia no ex-governador que, para ele, não só roubou as eleições passadas, mas também “os sonhos do povo do Amazonas”. Braga falou sobre as milhares de vagas de empregos que deixaram de existir no Parque Industrial de Manaus”.

Ele citou o caos na saúde e na segurança, principalmente no interior do Estado, que está matando os irmãos do interior. Para Braga, Melo colou o Amazonas na UTI e apontou um “plano de emergência” que, segundo ele , com a participação ativa de Marcelo Ramos para tirar o Amazonas da crise em que se encontra.

Usando um tom bem mais ameno do que aquele da eleição passada, Braga disse ter “evoluído” com o passar dos anos e as experiências vividas em eleições passadas, como a de 2014. Ele chegou a pedir desculpas. “Quero dizer que peço desculpas se magoei alguém”, disse publicamente.

Várias da políticos também estiveram presentes como a senadora Vanessa Grazziotin (PC do B) e seu marido, o ex-deputado estadual, Eron Bezerra, assim como o deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB).

Nas dependências da quadra da escola de samba, podiam ser vistas faixas trazidas pelas caravanas de alguns  municípios como Itapiranga, Ururcurituba e Careiro da várzea, manifestando apoio ao senador.