Alimentação saudável é tema principal de gincana no Sesi

Desde terça-feira (28), os alunos do 1º e 2º períodos da Escola Sesi Dr. Francisco Garcia participam da Gincana Saudável: Mais Cor e Sabor na Sua Vida. O evento segue até sexta (31), com atividades físicas e educacionais, onde os profissionais de nutrição e educação física estimulam a alimentação saudável. Aproximadamente 500 alunos, das 22 turmas do pré-escolar da creche farão parte da ação.

Segundo a nutricionista Selma Souza, a inclusão desses alimentos nas refeições já é trabalhada diariamente na rotina da creche.

“Estou sempre no refeitório estimulando os alunos a comerem ou provarem alguns alimentos aos quais costumam ter resistência, como frutas e verduras. É natural que o hábito alimentar de casa influencie na preferência dele na escola. Às vezes aquela fruta ou verdura não é apresentada para ele dentro de casa e isso acaba, normalmente, criando uma resistência na hora das refeições”, explicou Souza.

O cardápio elaborado para as refeições da Creche do SESI, segundo ela, segue as necessidades nutricionais da criança e é estimulado com alimentos “novos” diariamente, tendo sempre uma alimentação saudável com frutas e verduras. Com o projeto “Escola Promotora de Saúde”, ao longo do ano são desenvolvidas ações educativas relacionadas à saúde e bem-estar dos alunos e funcionários.

Dentro da “Gincana Saudável”, desenvolvida junto com o professor de educação física do SESI, Felipe Maciel, turmas do pré-escolar (1º e 2º período) são estimuladas por equipes na escolha de uma fruta para representá-las dentro das atividades lúdicas realizadas entre as turmas. Frutas como caju, morango, melancia, acerola, graviola, uva e maracujá foram escolhidas por eles para serem trabalhadas no estímulo a alimentação saudável junto com as atividades físicas.

“Criamos essa gincana para que cada professor pudesse trabalhar dentro de sala de aula uma fruta diferente e na hora das atividades pudéssemos misturá-las, para que cada criança prove um pouco de cada. Aliada a isso, a prática de exercício veio reforçar o hábito saudável, porque hoje em dia muitas crianças estão ficando sedentárias por conta da falta de atividades físicas e procuramos estimular”, disse Maciel.

O circuito e a dança criada na gincana envolvem, segundo ele, atividades que estimulam o equilíbrio, coordenação motora, lateralidade e tempo. “Criei uma espécie de competição para que, no final, o time vencedor fosse aquele que mais tivesse optado por alimentos saudáveis. Isso estimula não só a importância do perder e ganhar, mas eles acabam sendo estimulados a escolher coisas novas por ver os outros colegas fazendo”.