Aluna é esfaqueada por colega em colégio no ABC paulista

Uma jovem foi esfaqueada por um adolescente, ambos de 17 anos, dentro de uma escola particular de São Bernardo do Campo (ABC), por volta das 16h dessa quarta-feira (2). A vítima, segundo a polícia, foi ferida superficialmente na região do pescoço e passa bem.

Segundo o 3º DP, que investiga o caso, o aluno do colégio Ábaco ficou escondido dentro de um banheiro feminino, portando uma faca de cozinha. Quando a aluna entrou no local, foi atacada pelo acusado, que a feriu na região do pescoço. Em seguida, o jovem fugiu do local.

Após o crime, policiais localizaram o menor em casa. Dentro da residência, encontraram a faca usada no crime dentro do banheiro, e o uniforme escolar do garoto, que estava manchado com sangue da vítima.

Já na delegacia, o menor argumentou que “uma pessoa” o teria abordado na rua e lhe dito que, caso ele não matasse alguém dentro da escola, a família do garoto é que seria morta. “Vamos verificar se ele [menor] tem algum tipo de problema psicológico. Preliminarmente levantamos que ele faz acompanhamento”, afirmou um policial que acompanha o caso.

O adolescente permanecia na delegacia, assim como testemunhas do caso, até a publicação desta reportagem.

Resposta

O colégio Ábaco lamentou o caso e afirmou que o esfaqueamento da aluna, dentro da unidade 2 da instituição, trata-se de um caso isolado e que o contexto em que a violência ocorreu será esclarecido por meio de investigação policial.

A instituição acrescentou que a aluna foi encaminhada ao hospital Assunção, onde permanecia em observação até a noite desta quarta. “O Colégio está prestando toda assistência necessária e se solidariza com as famílias envolvidas”, diz trecho de nota.