Alunos de Beruri estão há mais de três meses sem merenda escolar, denuncia deputado

 

Maria Lucir, na entrega de equipamentos do governador.

Enquanto a prefeita de Beruri, Maria Lucir Santos de Oliveira participa da entrega de “doações” dos equipamentos agrícolas pelo governador Amazonino Mendes (PDT) em pleno ano eleitoral, os alunos da rede estadual do município de Beruri, que tem como prefeita Maria Lucir de Oliveira, estão desde o mês de abril sem merenda escolar. A denúncia foi feita pelo deputado Luiz Castro (Rede), nessa quinta-feira (5), na tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Em seu pronunciamento, Castro disse que a falta de compromisso do Governo do Estado com a Educação, atinge as crianças das escolas estaduais do interior e afirmou que esse é um dos aspectos do quadro de abandono em que se encontram os municípios amazonenses. “O interior do Amazonas apresenta os maiores indicadores de pobreza do País, apontados pelo IBGE e Firjam, ficando atrás do Acre e Piauí, que não possuem o potencial de riquezas do nosso Estado”, declarou Luiz Castro.

Líder da Rede na Aleam, o parlamentar destacou ainda, a alta da arrecadação financeira do Amazonas, que ele afirma, ser contraditória com a situação de miséria das populações, não só do interior, mas também dos bairros da periferia de Manaus, onde as pessoas sofrem com o desemprego e a falta de segurança.

“Precisamos mudar esse tipo de governança atrasada, clientelista e paternalista, de políticos que sucessivamente passam pelo Governo e posam de defensores do povo, mas que são incapazes de planejar o desenvolvimento do Estado, com alternativas econômicas que promovam oportunidades de emprego, de renda e de melhoria da qualidade de vida dos amazonenses”, defendeu Luiz Castro.

Com informações da assessoria do deputado