Alunos reclamam do calor insuportável em sala de aula por causa da falta de ar-condicionado, em escola da zona Norte (ver vídeo)

De acordo com os alunos, na sala há cerca de 50 estudantes e há apenas um condicionador de ar

Foto: Divulgação

Alunos da Escola Estadual Professor Octávio Mourão, que fica localizada no bairro de Santa Etelvina, denunciaram ao Radar que estão enfrentando dificuldades para estudar por causa do calor insuportável em sala de aula, causado pela falta de ar-condicionado na sala de aula.

De acordo com os alunos, na sala há cerca de 50 estudantes e há apenas um condicionador de ar que não suporta o calor excessivo, e a situação se complica nos dias de sol.

“Vocês não sabem o calor que é essa sala, ficamos pingando de suor e ainda tem que ficar tomando água, direto, pelo amor de Deus”, disse um dos alunos.

Na tentativa de encontrar ajuda, os estudantes chegaram a pedir socorro escrevendo no quadro branco da sala para que a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (SEDUC) tomasse providências sobre a situação.

No quadro, havia frases como “Estamos morrendo de calor” e “Seduc, ajude a gente, socorro!”.

Sem respostas

O Radar entrou em contato com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (SEDUC) para saber se há previsão para conserto dos ares-condicionados ou se há a possibilidade da escola receber novos aparelhos, mas, até a publicação desta matéria, não houve retorno.

Veja vídeo: