Amazonas doa 200 cilindros de oxigênio ao Paraná

Foto: Lucas Silva/Secom

O Governo do Amazonas doou cerca de 200 cilindros de oxigênios para o estado Paraná nesta quinta-feira (18). A ação faz parte da “Operação Gratidão” que visa retribuir a ajuda ao Amazonas no pico da pandemia no início de 2021. Os cilíndros estavam no estoque do Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, zona Leste da cidade.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) por meio da Secretária Executivo da Capital, Jani Kenta, relatou que a doação dá início a ação que visa ainda receber pacientes de outros estados para continuar o tratamento contra a covid-19.

“A produção de oxigênio no Amazonas está em torno de 44 mil metros dia. O estado ainda conta hoje com 37 usinas em unidades de saúde da rede pública e privada, abrangendo 19 municípios, cuja capacidade de geração é de 17,9 mil metros cúbicos de oxigênio por dia, o que está sendo o suficiente para a população. Nesta semana foram ofertados 12 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 18 leitos clínicos para Rondônia e Acre”, explicou.

As unidades que também disponibilizaram as balas foram o SPA Joventina Dias, SPA Coroado, o Icam (Instituto da Criança do Amazonas), o Hospital 28 de Agosto, a FMT (Fundação de Medicina Tropical) e a Gerência de Patrimônio da SES-AM.

O translado para o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, ficou por conta da Polícia Militar do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP). Na sequência, serão encaminhados para documentação e registro de empréstimos na Gerência de Patrimônio da SES-AM de onde seguirão para o Paraná.

(*) Com informações da assessoria