Amazonas já registrou mais de 133 mil casos de Covid-19

Foto: SESI/Vinicius Magalhaes/Direitos Reservados

O Amazonas confirmou mais  726 novos casos de Covid-19, totalizando 133.413 no total, sendo  48.389 casos em  Manaus (36,27%) e 85.024 do interior do estado (63,73%) . Em boletim divulgado nessa quarta-feira (23) pela  Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM),  foram confirmados nove óbitos por Covid-19, ocorridos nas últimas 24 horas, sendo sete na capital e dois no interior do estado, e outros oito óbitos foram encerrados por critério laboratorial, aumentando  para 3.984 o total de mortes.

Do total de novos casos confirmados da doença no Amazonas, 61 foram detectados por RT-PCR, que aponta casos novos que estão entre o 3º e 6º dias da doença, e 665 por testes rápidos, que identificam os anticorpos, com data de início dos sintomas entre, pelo menos, oito e 60 dias ou mais das primeiras manifestações da Covid-19. Do total  detectados por RT-PCR, 47 são na capital e 14 do interior.

Entre pacientes na capital, há o registro de 2.476 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 60 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 1.508.

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 298 pacientes internados, sendo 199 em leitos clínicos (82 na rede privada e 117 na rede pública), 96 em UTI (45 na rede privada e 51 na rede pública) e três em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Há ainda outros 54 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 32 estão em leitos clínicos (19 na rede privada e 13 na rede pública), 19 estão em UTI (13 na rede privada e seis na rede pública) e três em sala vermelha.

Ressaltando que os números de casos nos municípios de Apuí; Alvarães; Anori; Atalaia do Norte; Beruri; Carauari; Codajás; Itapiranga; Juruá; Jutaí; Santa Isabel do Rio Negro; São Paulo de Olivença; Santo Antônio do Içá; São Sebastião do Uatumã e Tonantins não foram atualizados.

(*) Com informações da assessoria.