Após baixa procura, Amazonas pede suspensão temporária do envio da Pfizer contra a Covid-19

A informação foi confirmada pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP)

pfizer amazonas

Foto: Girlene Medeiros/Secom

O Ministério da Saúde (MS) recebeu o pedido de doze estados e o Distrito Federal com intuito de suspender temporariamente o envio de doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19. Três estados da Região Norte, entre eles o Amazonas, fizeram a solicitação para o ministério.

Segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), a suspensão temporária foi ocasionada pela baixa procura do imunizante durante a campanha de vacinação contra o coronavírus.

“A suspensão é temporária e se dá uma vez que o Estado recebeu doses do imunizante para atender a população prevista para ser vacinada contra a Covid-19”, disse a fundação em resposta ao Radar Amazônico.

Além do Amazonas, os estados de Tocantins e Acre entraram com pedido para suspender o envio de doses da vacina da Pfizer. Enquanto isso, o Pará solicitou que o Ministério da Saúde envie menos doses do imunizante.

Dados

Um levantamento divulgado pela FVS-RCP aponta que o Amazonas já recebeu 2.420.730 (dois milhões e quatrocentos e vinte mil setecentos e trinta) doses de vacina da Pfizer.

Conforme o balanço apresentado nessa quarta-feira (22), com relação as doses da Pfizer, o Estado possui 61,7% da população amazonense com esquema vacinal completo, enquanto isso 10,7% dos amazonenses já tomaram a dose de reforço. Vale ressaltar que o imunizante está sendo utilizado na terceira dose da vacinação contra a Covid-19.

Procurada pelo Radar Amazônico, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), responsável da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Manaus, informou que, até o momento, foram aplicadas 1.352.983 (um milhão e trezentos e cinquenta e dois mil novecentos e oitenta e três) de doses da Pfizer, sendo 654.323 na primeira dose, 453.297 na segunda dose, e 245.363 na dose de reforço.

amazonas covid-19 vacinação

A vacinação no Amazonas começou em janeiro deste ano — Foto: Michael Dantas/AFP

De acordo com o “Vacinômetro”, aproximadamente 109 mil pessoas ainda não iniciaram o esquema vacinal e, até o momento, 277.432 pessoas não retornaram para completar a imunização contra a Covid-19.

A campanha de vacinação contra a Covid-19 não será realizada nos dias 24 (sexta-feira) e 25 (sábado) por causa do Natal, e também no dia 26 (domingo), retornando na próxima segunda-feira (27). Nesta semana encerra a vacinação nos shoppings de Manaus.

Aumento de casos

O Amazonas permanece na fase amarela (baixo risco) para transmissão da Covid-19, mas se aproxima da fase laranja (risco moderado) da doença. E mesmo assim, o Estado apresenta baixa adesão à campanha de vacinação contra o coronavírus em alguns municípios do interior, que representa um risco para o aumento no número de casos.

Em boletim, a FVS-RCP disse que, nos últimos 14 dias, houve aumento na média diária de casos da infecção no Amazonas, aumentando de 34 para 35 casos por dia em Manaus e de 87 para 125 diários no interior do Estado. Manaus é responsável por 53% dos casos registrados em todo o Estado em 2021.

Alguns municípios do interior do Amazonas apresentaram aumento no número de casos, destacando-se Jutaí (2.244 casos), Autazes (440) e Manicoré (433). Estas cidades apresentam uma baixa adesão à vacinação contra a Covid-19, principalmente, nas comunidades rurais.

Confira o balanço da FVS-RCP