Amazonas ultrapassa a triste marca de 13 mil mortos pela Covid-19

Foto: reprodução

O Amazonas confirmou nessa quarta-feira (2) mais 13 novas mortes nas últimas 24 horas. Com isso, o Amazonas ultrapassou a triste marca de 13 mil vidas perdidas para a Covid. O total chegou a 13.009.

O estado também registrou 671 novos casos de Covid, totalizando 387.709 casos confirmados. Os dados constam no boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). O Amazonas segue na fase laranja, que representa risco moderado para transmissão de Covid.

O boletim acrescenta ainda que 42.234 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde, o que corresponde a 10,89% dos casos confirmados ativos.

Internações

Em Manaus, há 404 pacientes internados com diagnóstico de Covid, sendo 209 em leitos clínicos (30 na rede privada e 179 na rede pública), 191 em UTI (33 na rede privada e 158 na rede pública) e quatro em sala vermelha.

Há ainda outros 42 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 33 estão em leitos clínicos (cinco na rede privada e 28 na rede pública), sete estão em UTI (dois na rede privada e cinco na rede pública) e 2 em sala vermelha.

No boletim consta, também, que há outros 116 pacientes internados com Covid no interior do estado, conforme informado pela Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM). São 14 na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e 102 em leitos clínicos.

Capital e interior

Dos 387.709 casos confirmados no Amazonas até esta quarta-feira (2), 178.017 são de Manaus (45,92%) e 209.692 do interior do estado (54,08%). Em Manaus, há o registro de 8.991 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 4.018.

Ao todo, são quatro municípios que não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim. São eles: Anori, Itamarati, Itapiranga e Juruá.