Amazonas ultrapassou os 100% de índice de vacinação contra a Influenza

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O Estado do Amazonas ultrapassou os 100% de cobertura na Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Isso significa que 1.158.038 pessoas que fazem parte dos grupos prioritários procuraram os postos de vacinação. Os dados são do Ministério da Saúde.

Também receberam a dose contra a gripe outras 23,1 mil pessoas que não fazem parte do público-alvo da campanha. A meta da campanha, segundo o Ministério da Saúde, era alcançar 95% dos grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde, o que totaliza 1.107.989 pessoas. A campanha iniciou de forma antecipada no Amazonas, no dia 20 de março.

Casos

No Amazonas, segundo a Secretaria de Vigilância em Saúde do Amazonas (SVS), em relação aos casos de H1N1, 140 casos confirmados este ano no estado, com 35 óbitos.
Em Manaus, foram 27 óbitos por H1N1. No interior, continuam três casos em Manacapuru, além de Parintins, Itacoatiara, Japurá, Urucurituba e Maués, com um caso cada.

Dados nacionais

Apesar de atingir a meta nacional, nem todos os grupos conseguiram alcançar os 90% de cobertura: crianças (82,8%), gestantes (81,8%), pessoas com comorbidades (86,3%), profissionais das forças de segurança e salvamento (48,5%) e população privada de liberdade (74,8%) ficaram com a vacinação abaixo do ideal. Isso significa que mais de 2,6 milhões de crianças e 3,8 milhões de gestantes deixaram de se vacinar.

Os grupos que atingiram a meta foram os trabalhadores de saúde (90%), puérperas (103,4%), indígenas (95,2%), idosos (98,2%), professores (104,4%) e funcionários do sistema prisional (124,2%). Na avaliação dos estados, oito não conseguiram atingir os 90% de cobertura no público geral: Acre (86,7%), Bahia (86%), Rio de Janeiro (86,9%), São Paulo (84,7%), Paraná (86,9%), Santa Catarina (86,8%), Rio Grande do Sul (86,5%) e Mato Grosso do Sul (89,8%).

Veja na íntegra os dados do Ministério da Saúde

Com informações do Ministério da Saúde