Amazonino chama desvios na saúde de “horrorosos” e destaca reconstrução do Estado

O candidato a governador da coligação “Eu voto no Amazonas”, Amazonino Mendes (PDT), pediu apoio à população para continuar reconstruindo a saúde e outras áreas importantes no Amazonas. Durante evento político realizado em Manaus, nesse sábado (1), Amazonino relembrou os desvios de mais de R$ 112 milhões feitos por antigos governantes na área saúde, denunciados pela Operação “Maus Caminhos”, e julgou “horroroso e irresponsável” o caso de corrupção em um setor tão crítico.

A fala do governador ocorreu durante lançamento da candidatura a deputado federal de Marcel Alexandre (PHS). Amazonino participou do evento acompanhado da candidata a vice-governadora da coligação “Eu voto no Amazonas”, Rebecca Garcia (PP), do candidato ao Senado, Alfredo Nascimento, do presidente do PP, Francisco Garcia, e de líderes religiosos.

“O mundo está carecendo urgentemente de intervenções sérias. Não é dos governos, é dos nossos corações, das nossas almas, dos nossos sentimentos, do nosso fervor a Deus. As nossas crianças praticando suicídio. O nosso país continua a sua marcha inexorável para o abismo. Vocês viram o que aconteceu com a saúde pública com essa horrorosa história da “Maus Caminhos”. Eu me lembro quando deixei o governo, lá atrás: não tinha crime, não tinha essa vida tenebrosa que nós enfrentamos, que deixaram acontecer. Foram irresponsáveis, e a minha preocupação hoje é que nós estamos por um fio”, declarou o candidato à reeleição.

Amazonino relembrou a reestruturação feita no Estado, que permitiu quitar dívidas deixadas por outros governos e investir em melhorias. “O Estado está forte, fazendo obras em todos os municípios, recuperando, reestruturando, reorganizando. Se pagou o que devia para a polícia, para a educação, para a saúde pública. Está se criando uma esperança para a saúde pública. Mas não se iludam: isso tudo está por um fio. Destruir é muito fácil. Construir é difícil. Reconstruir, mais difícil ainda. É preciso que vocês se empenhem nessa luta. Não é mais uma campanha política, é uma jornada cívica. O que eu deixei lá atrás e o que eu vi quando voltei é assombroso. Não está certo isso. Respeitosamente, eu não vejo outra alternativa capaz de tocar esse barco do Amazonas”, ressaltou.

O candidato a deputado federal pelo PHS, Marcel Alexandre, falou sobre a importância da união com Amazonino. Ele destacou a importância de permitir que o governador continue o trabalho sério que está sendo feito no Amazonas. “Amazonino é governador há somente 10 meses. Nesse tempo, economizou mais de R$ 1 bilhão, arrumando a casa. E isso não foi ele quem me disse, foi um economista. Ele falou: ‘Marcel, você finalmente acertou, foi para o lado certo. O Amazonino já economizou mais de um bilhão, então ele tem dinheiro para investimento’. Amazonino já pôs obras em todos os municípios do estado do Amazonas, o que significa que temos emprego e renda, e nossa terra está prosperando. Nós não podemos mexer nesse projeto. Temos que continuar com Amazonino, por amor ao nosso povo”, salientou.

Fotos: Djalson Leão