Amazonino dá “passa fora” no Radar e vira boneco

Num entendeu meu povo? Euzinha explico. O governador e candidato à reeleição, Amazonino Mendes (PDT), deu um “passa fora” no Radar, assim como tem feito no caso dos debates realizados por emissoras de televisão – a não ser que seja a emissora do papito de sua vice-governadora, Rebecca Garcia. Ele não veio para a entrevista que estava agendada para essa quinta-feira (13) no estúdio do Radar.

A assessoria de comunicação do candidato optou pela tática do embromeichon, fazendo acreditar que ele viria na entrevista mas não deu sequer satisfação. O governador usa a velha estratégia, também usada nas eleições suplementares do ano passado, de não comparecer a debates e só ir em entrevistas onde acredita que os repórteres não vão pegar pesado com ele.

Como Amazonino viu que a estratégia de tomar chá de sumiço surtiu efeito na campanha passada, ele acha que também vai dar certo nesta eleição – quem viver verá, né mesmo meu povo?

Só que aqui no Radar não adianta se fingir de morto que a gente ressuscita o indivíduo. Por isso, Amazonino vai vir sim para entrevista no Radar em forma animação, ou seja, vai virar boneco. Na semana que vem você vai ver o que vai dar!

Radar nas eleições

Desde o dia 04 de setembro, o Radar realiza uma série de entrevistas com os candidatos a Governo do Amazonas e ao Senado Federal nas eleições deste ano. Até agora, os candidatos ao Senado: Luiz Castro (Rede), Plínio Valério (PSDB) e Hissa Abrahão (PDT) já compareceram às entrevistas.

Além deles, os demais candidatos agendados para a próxima semana são:

17/09 – Omar Aziz (PSD)

19/09 – Eduardo Braga (MDB)

20/09 – Wilson Lima (PSC)

25/09 – Alfredo Nascimento (PR)

27/09 – Lucia Antony (PcdoB)

02/10 – Vanessa Grazziotin (PcdoB)

04/10 – David Almeida (PSB).

As entrevistas são realizadas às 11h30, ao vivo, e transmitidas pelas redes sociais do Radar Amazônico.