Amazonino Mendes deixa o Podemos e se filia ao DEM de Pauderney e Rotta

Políticos ligados a Amazonino Mendes, confirmaram nesta quarta-feira (7) que o ex-governador deverá sair do Podemos (PODE), partido onde é presidente do diretório estadual desde abril deste ano. Amazonino vai se filiar ao Democratas (DEM), que está sob a presidência do Secretário Municipal de Educação, Pauderney Avelino.

Para muitos, a mudança de partido do ex-governador dentro do período determinado pela Justiça eleitoral indica que Amazonino pode estar se preparando para disputar as próximas eleições.

Amazonino teve quatro mandatos como governador do Amazonas e outros três mandatos como prefeito de Manaus. Mendes também já foi senador e passou por oito partidos diferentes durante sua trajetória política.